GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

MARGARIDA MARIA MADRUGA deixou um comentário para Vinícius Costa Souza
"SEJA BEM VINDO VINÍCIUS!"
2 horas atrás
MARGARIDA MARIA MADRUGA deixou um comentário para Marcela Sales Lima
"SEJA BEM VINDA MARCELA!"
2 horas atrás
Posts no blog por Edilza
12 horas atrás
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog Mensagens de Sergio Mello 105 de Edson Luiz Pocahi
23 horas atrás
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog Mensagens de Sergio Mello 104 de Edson Luiz Pocahi
23 horas atrás
Clarissa deixou um comentário para Edson Luiz Pocahi
"Quero me descadastrar do site. Como faço? Não estou conseguindo."
ontem
Clarissa deixou um comentário para sueli
"Eu tb quero me descadastrar. Como faço?"
ontem
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog ARCANJO MIGUEL - A VITAMINA D - A VITAMINA DIVINA de Edilza
ontem
Edilza curtiu a postagem no blog PREVISÃO DA ENERGIA PARA ABRIL DE 2020 de Edilza
ontem
Edilza curtiu a postagem no blog Mensagens de Sergio Mello 104 de Edson Luiz Pocahi
ontem
Edilza curtiu a postagem no blog Mensagens de Sergio Mello 104 de Edson Luiz Pocahi
ontem
Edilza curtiu a postagem no blog Mensagens de Sergio Mello 105 de Edson Luiz Pocahi
ontem

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

Cientistas afirmam que a alma pode abandonar o corpo e observá-lo

A alma das pessoas que passam por um estado de morte clínica abandona o corpo físico e pode observar nitidamente o que acontece em seu entorno, segundo o estudo de uma equipe de pesquisadores holandeses. Os médicos reuniram mais de 70 casos de pessoas que conseguiram relatar suas experiências durante o lapso em que estiveram clinicamente mortas e estabeleceram que a consciência pode viver além do cérebro, embora o mundo que percebemos seja acessível apenas através dos sentidos.

Entre outros, o estudo cita o caso de um paciente clinicamente morto por 20 minutos, após uma cirurgia cardíaca de alto risco e que, inesperadamente, voltou à vida. Mais incrível ainda que sua ressurreição foi o relato preciso que ele fez sobre as cenas que rodearam sua morte transitória. Segundo os autores do estudo, o paciente descreveu uma luz brilhante no fim do túnel e como saiu de seu corpo. E, além disso, viu os médicos conversando e indicou o lugar e o modo exato de como estavam parados. Ele também descreveu com exatidão as anotações médicas que a enfermeira escrevia no computador.

A conclusão dos médicos é categórica: o paciente esteve de fato consciente e fora de seu corpo durante o estado de morte clínica. Do contrário, explicam, não poderia ter descrito as cenas ocorridas na sala de operações com tamanha precisão.

Fonte: RT e History Channel Brasil

Fonte original (em inglês): http://www.theepochtimes.com/n3/1103379-prominent-surgeon-evidence-...

Exibições: 633

Responder esta

Respostas a este tópico

Adorei esta matéria.

Fantástica matéria.

Boa tarde.

RSS

© 2020   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço