GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Tânia curtiu a postagem no blog AS AGRESSÕES QUE IGNORAMOS de Edite Spiess Stauffer
13 horas atrás
Tânia curtiu a postagem no blog AS AGRESSÕES QUE IGNORAMOS de Edite Spiess Stauffer
13 horas atrás
MARGARIDA MARIA MADRUGA deixou um comentário para Rafael Gomes
"SEJA BEM VINDO RAFAEL!"
14 horas atrás
Posts no blog por Edilza

DIVALDO FRANCO- ESPÍRITOS RETORNAM À TERRA PARA A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA ...

DIVALDO FRANCO- ESPÍRITOS RETORNAM À TERRA PARA A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA ...Vive-se, na terra, o momento da grande transição de mundo de provas e de expiações, para mundo de regeneração. Sendo o ser humano um espírito em processo de crescimento…Ver mais...
ontem
Edite Spiess Stauffer comentou a postagem no blog AS AGRESSÕES QUE IGNORAMOS de Edite Spiess Stauffer
"Agradeço as exibições que essa matéria teve e aos amigos de crupo que curtiram."
ontem
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog AS AGRESSÕES QUE IGNORAMOS de Edite Spiess Stauffer
sexta-feira
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog AS AGRESSÕES QUE IGNORAMOS de Edite Spiess Stauffer
sexta-feira
Rafael Gomes é agora um membro de Ignotus Rede Social
sexta-feira
Posts no blog por Edite Spiess Stauffer

AS AGRESSÕES QUE IGNORAMOS

   Muitas vezes, somos vítimas de agressões que nem sempre nos damos conta e que com muita freqüência acontecem entre pais e…Ver mais...
quinta-feira
Edite Spiess Stauffer deixou um comentário para Tiago
"Obrigada Tiago, por ter curtido a minha postagem "O luto"Seja muito bem vindo!Encante-nos com suas postagem também.Paz e Luz!"
quinta-feira
Tânia curtiu a postagem no blog Mensagens de Sergio Mello 90 de Edson Luiz Pocahi
terça-feira
Tânia curtiu a postagem no blog Mensagens de Sergio Mello 90 de Edson Luiz Pocahi
terça-feira

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

O NATAL TEM HISTÓRIA... & NATAL (NO-EL) É A FESTA SEM LUZ (OMRAAM)

O NATAL TEM HISTÓRIA... & NATAL (NO-EL) É A FESTA SEM LUZ (OMRAAM)


O Natal tem História...

 

Durante os três primeiros séculos da nossa Era os cristãos não celebravam o Natal. Na Bíblia, não há referências sobre o dia do nascimento de Jesus Cristo, nem recomendações para que esse dia fosse celebrado, como seriam seus aniversários de morte e ressurreição.

 

Portanto, ao contrário do que muitos acreditam, a origem do Natal não está no nascimento de Jesus. A festa natalina tem origem pagã, associada às comemorações denominadas Saturnália e Brumália.

 

A Saturnália, festa em homenagem ao deus romano Saturno, ia de 17 a 24 de dezembro. Era uma comemoração alegre, com muita dança, em que ricos e pobres conviviam igualmente, com os senhores servindo os servos, numa inversão de papéis.

 

No dia 25 de dezembro, imediatamente após a Saturnália, comemorava-se a Brumália, o nascimento do deus-sol, ou "o nascimento do Sol Invicto". A data, para eles, no Hemisfério Norte, coincidia com o solstício de inverno, dia "mais curto do ano", com menos horas de luz. A partir do solstício de inverno, as noites começam a diminuir, e os dias a aumentar.

 

Em tempos remotos, os persas também tinham seus deuses inspirados no sol, e comemorações nos dias 24 e 25 de dezembro.

 

No dia que corresponde ao nosso 24 de dezembro, os persas queimavam o seu deus Agni, construído a partir de um tronco de árvore, e colocavam outro, novo, em seu lugar.

 

Com o novo deus, os dias começavam a aumentar porque, segundo supunham, o seu deus jovem estava cheio de vigor para produzir dias maiores. Adoravam-no então com diversas solenidades aparatosas e sacrifícios humanos.

 

No dia seguinte celebravam um estranho ritual: no templo onde ficava o deus Agni, havia uma fresta na cortina do lado oriental, por onde penetrava o sol ao amanhecer. Os raios incidiam na parte posterior da cabeça do sacerdote, que era dotado de uma careca espelhada. Ao refletirem-se nela projetavam-se num espelho em forma de sol, e daí incidiam no deus feito de madeira.

 

Já a festa germânica pagã do solstício do inverno, a Yule, tinha como costumes principais os grandes banquetes, a folia, a troca de presentes, os enfeites e as árvores.

 

E como da comemoração da Saturnália e da Brumália chegamos ao Natal cristão?

 

Veja o que conta a "Nova enciclopédia de conhecimento religioso de Schaff-Herzog" (The New Schaff-Herzog Encyclopedia of Religious Knowledge):

 

"As festividades pagãs de Saturnália e Brumália estavam demasiadamente arraigadas nos costumes populares para serem suprimidas pela influência cristã. Essas festas agradavam tanto, que os cristãos viram com simpatia uma desculpa para continuar celebrando-as sem maiores mudanças no espírito e na forma de sua observância. Pregadores cristãos do ocidente e do oriente próximo protestaram contra a frivolidade indecorosa com que se celebrava o nascimento de Cristo, enquanto os cristãos da Mesopotâmia acusavam seus irmãos ocidentais de idolatria e de culto ao sol por aceitar como cristã essa festividade pagã.

 

Recordemos que o mundo romano havia sido pagão. Antes do século IV, os cristãos eram poucos, embora estivessem aumentando em número, e eram perseguidos pelo governo e pelos pagãos. Porém, com a vinda do imperador Constantino (no século IV), que se declarou cristão, elevando o cristianismo a um nível de igualdade com o paganismo, o mundo romano começou a aceitar este cristianismo popularizado e os novos adeptos somaram a centenas de milhares.

 

Tenhamos em conta que esta gente havia sido educada nos costumes pagãos, sendo o principal, aquela festa idólatra de 25 de dezembro. Era uma festa de alegria (carnal) muito especial. Agradava ao povo! Não queriam suprimi-la."

 

Fonte: http://www.educacaopublica.rj.gov.br/cultura/folclore/0015_01.html

_________________________

 

Natal (No-El) é a Festa Sem Luz

 

Pergunta: qual é a simbologia das festas de Natal?


Natal (NOEL) quer dizer o quê?

NO-EL, isso quer dizer ‘Sem os Elohim’.

NO-EL, é a festa sem Elohim, ou seja, sem Luz.

Vocês veem como as coisas foram invertidas.

Mas é preciso colocar as coisas no seu contexto.

Quando vocês dizem a alguém « Feliz Natal » (‘Joyeux Noël’), vocês desejam a ele(a) um feliz dia Sem Luz.

É tão simples assim.

 

E se tem denominado, este, o dia do nascimento de CRISTO, o que é arquifalso, em Verdade.

Vocês têm se revestido de palavras que significam o contrário, no nível Vibratório, do que vocês creem.

Quando vocês desejam ‘bom ano’, vocês desejam Bom Anou (‘bon anou’).

Quem é Anou?

É Yaldebaoth (demiurgo).

 

Portanto, vocês festejam Yaldebaoth que aprisiona vocês por mais um ano.

Da mesma forma, quando vocês festejam o seu Aniversário, vocês festejam Anou, vocês agradecem a ele por ter aprisionado vocês no seu corpo.

 

E aliás, tudo é feito, naquele dia, para que vocês não estejam na Luz, não é?

Através do álcool e de todas as carnes e todos os alimentos em abundância que vocês comem naquele dia.

De que maneira vocês pretendem estar na Luz, naquele dia, quando esse dia era antes de tudo a festa do renascimento do Sol?

 

Vocês têm uma visão geral das coisas como elas são modificadas para vocês e tudo é assim.

 

***

Trecho da mensagem do Venerável OMRAAM (Aïvanhov) no site francês:

http://autresdimensions.info/articleefe8.html

05 de novembro de 2010


************

Pergunta: há um sentido sagrado nas grandes festas religiosas como Natal (“Noël”)?


Primeiramente, Natal (“Noël”) não é uma festa sagrada.

É uma festa satânica, na totalidade: “NO EL”: eu já expliquei.

O Natal está diretamente associado às festas pagãs que são festas de adoração a Yahvé (ou a Ya, ou a Yaldebaoth, aos Arcontes).

 

Não é, certamente, a festa do nascimento de CRISTO.

Portanto, não é uma festa sagrada.

Eu iria mesmo mais longe.

 

Toda comemoração, seja ela qual for, mesmo um acontecimento feliz, o mais feliz da sua vida, vocês têm desejo de vivê-lo.

Portanto, vocês o comemoram.

Mas, comemorar, é recorrer ao passado.

Isso os afasta do presente, seja qual for esta comemoração.

E isso os afasta da Deslocalização e isso os afasta do Estado de Ser, porque vocês mantêm o confinamento.

Na comemoração, do aniversário ou da morte, é a mesma coisa: vocês mantêm o apego.

Vocês se aprisionam ainda mais.

O que vocês têm de comemorar é a Vida, a Luz e o Amor.

E, isso, é a cada sopro.

Isso é tudo.

 

***

 

Trecho da mensagem do Venerável OMRAAM (Aïvanhov) no site francês:

http://autresdimensions.info/article7c37.html

27 de dezembro de 2011 - 2a. Parte

Fonte : http://www.portaldosanjos.net/2013/11/revelacoes-festejos-natalinos...

Tradução para o português: Zulma Peixinho

http://portaldosanjos.ning.com

Exibições: 63

Responder esta

© 2019   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço