Ignotus Rede Social

    

GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

LANÇAMENTO: Tenha Autoconhecimento e Dinheiro no Bolso!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Edson Luiz Pocahi compartilhou o post do blog de Edilza em Facebook
4 horas atrás
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog DNA PODE SER PROGRAMADO de Edilza
4 horas atrás
Edson Luiz Pocahi comentou a postagem no blog VOCÊ VAI BRILHAR. de Edilza
"Linda mensagem, todos devemos fazer um esforço, refletir, buscar aquilo que lhe faz sentido, neste momento se estará realizado..."
4 horas atrás
Edson Luiz Pocahi compartilhou o post do blog de Edilza em Facebook
4 horas atrás
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog VOCÊ VAI BRILHAR. de Edilza
4 horas atrás
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog O MODO MAIS BONITO DE SE LIVRAR DO EGO de Edilza
7 horas atrás
MARGARIDA MARIA MADRUGA comentou a postagem no blog O MODO MAIS BONITO DE SE LIVRAR DO EGO de Edilza
"Que texto mais lindinho!!!"
10 horas atrás
MARGARIDA MARIA MADRUGA curtiu a postagem no blog O MODO MAIS BONITO DE SE LIVRAR DO EGO de Edilza
10 horas atrás
Edson Luiz Pocahi compartilhou o post do blog de Edilza em Facebook
13 horas atrás
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog O MODO MAIS BONITO DE SE LIVRAR DO EGO de Edilza
13 horas atrás
Posts no blog por Edilza
21 horas atrás
Gilberto T. Da Gama curtiu a postagem no blog Viver intensamente no Agora de Edilza
ontem

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

Gente, vou relatar aqui um fato que ocorreu com minha esposa, ela tem uma certa mediunidade mas ela não gosta e não quer explorar este lado, ela tenta bloquear, tem medo, mas as vezes acontece situações sem ela querer e não tem jeito...

Este é um caso real, aconteceu com ela, e até hoje para mim é uma das maiores evidências da eternidade para mim...

Estávamos na casa de meus pais, e no sábado de manhã ao despertar, ela viu seu pai já falecido ao pé da cama, e a chamou pelo apelido de família que costumava chamá-la, suas palavras foram: "Mana, liga pra tia porque a vó morreu". Ela ficou com aquilo na cabeça, confusa e até com dúvidas se era sonho, etc...

No domingo a tarde, ao chegarmos de viagem, ela ligou para sua tia, e realmente no sábado de manhã, sua vó havia falecido.

Para mim isso é uma grande evidência de nossa eternidade, de nossa vida que continua, e de que nossos entes queridos sempre estão com a gente. Alguns vão dizer que pode ser telepatia, mas se fosse ao meu entender viria através de uma intuição, e não em uma imagem ao pé da cama, nos chamando pelo nosso apelido, afinal não nos chamamos pelo apelido, mas sim as outras pessoas.

Também não era um sonho, uma vez que o recado foi direto, e o fato ocorreu...

E vocês, têm relatos parecidos, intrigantes? 

Vamos interagir! Abraço a todos!

Edson

Exibições: 4540

Responder esta

Respostas a este tópico

Tenho um fato muito intrigante que aconteceu comigo! Um mês antes da minha sogra falecer, eu havia sonhado com um caixão e alguém dentro que não consegui ver e ao redor do caixão umas mulheres vestidas de preto, uma chegou perto de mim e me tocou nos ombros e com muito carinho me disse pra sair dali, que era melhor eu não ver e eu dizia que só queria ver os pés dentro do caixão pois ali teria resposta de que lado da família seria o aviso, comentei com a minha sogra e tudo. Um mês depois ela foi assassinada pelo marido na cozinha, onde justamente havia sonhado com o lugar do caixão.

Com poucos dias vi minha sogra se despedindo do meu marido ela já em espírito.

Quando eu ia chamar pelo seu nome ela lentamente saiu sem me dizer uma palavra.

   Veronica, os mistérios que estão inseridos nas mudanças existentes entre o plano fisico e o espiritual, nos chega dosado de acordo com o nosso preparo em recebe-lo... Foi permitido a você, ter o conhecimento de uma passagem que você não poderia evitar nem tão pouco comunicar...

   Estude, prepare-se para caminhar nestes mistérios e não fiques triste, não podemos interferir no sobrenatural... Quando muito, podemos vislumbrar...

Edson, vou te falar sobre uma revelação que tive em sonhos. Eu tinha um restaurante com meu marido. Tinhamos vários clientes que adorava passar os fins-de-semana, lá. Dentre esses clientes havia um que se tornou muito amigo, uma amizade sincera, quanto dele com o meu marido e da sua esposa comigo. 

Num domingo, quando todos foram embora, já cansada, fui dormir. Sonhei com um carro tipo caravam preto nos fundos do meu restaurante. Subi no terraço para acalmar os cachorros que latiam muito, foi quando vi dois homens tirando algo do porta-mala e jogando lá. Quando estava descendo ví que conversavam com o meu marido e pediam para se lavarem, pois estavam todos sujos de sangue e falavam que tinham matado um porco. 

O meu coração me dizia que não era um animal, que eles eram assassinos. Assustada e tremendo entrei para o quarto e ali fiquei até que fossem embora. Ví a imagem desse amigo do meu marido. Ele tentava converssar comigo, mas não conseguia.

No sonho, meu marido falava que não era nada e que no dia seguinte, ele verificaria. Eu inssistia que era o amigo dele. Mas ele também não queria ouvir. 

Na manhã seguinte, eu afirmei para o meu marido que o amigo dele havia sido assassinado. Ele foi então procurar saber e, era mentira.

Mesmo assim, eu procurei conversar com este amigo e a esposa. Expliquei que se ele estivessem cometido algo errado que poderíamos ajudar. Mas ele, se afirmou honesto e que nada aconteceria pois não devia nada a ninguém.

Uma semana depois, Ele jantando em sua casa, chegou dois bandidos num carro preto e tirou a vida dele. 

Ficamos sabendo depois, que ele sim, fazia coisas erradas. Ele era açougueiro e daí você pode imaginar!!!

Nunca consegui esquecer esse sonho e nem o rosto dele tentando conversar comigo. Hoje, não tenho mais contado com a esposa dele. Mas que ficamos impressionados na época, ah sim, e como ficamos.

No mais, um abraço amigo, Edson !!

Realmente impressionante Anita, essa premonição que tivestes. Pena que na maioria das vezes ela chega assim, meio cheia de símbolos, meio subjetiva... Mas acho que mesmo que se você tivestes uma mensagem mais clara, acho que é difícil identificar qual a hora exata daquele acontecimento, etc. Esse caso é mais um daqueles que podemos dizer que todos nós temos um destino, e quando chegar a hora, ela já estava predestinada um tempo antes, só que não sabemos, fora esses casos que nos dão os indícios... Realmente intrigante...

obrigado por compartilhar!

eu não duvido de nada que eu não tenha conhecimento, principalmente se referindo a espiritualidade e espíritos, eu adoro saber de fatos, e um dia eu vou contar aqui as muitas experiências que eu, e o meu filho temos de vez em quando!

Eu também gostaria de partilhar algo que aconteceu comigo.

Aconteceu esta madrugada, em que não entendi bem se seria alguém já falecido ou alguém vivo a tentar falar comigo. Eu tenho mediunidade e gosto de explorar este tipo de assuntos.

Durante a noite levantei-me para ir comer porque estava com fome, por volta das 3:40 da madrugada e tenho muito a mania de quando acendo a luz a luz funde. Fundi a lampada da sala mas não liguei, continuei ate a cozinha. Arranjei o meu prato e olhei para a sala, que estava escura e vi um vulto. Esse vulto era eu. Como eu estava vestida, de pijama, de lado, como se fosse uma pessoa sonâmbula. Apenas não vi a cara, porque tinha o cabelo a frente(o meu cabelo é grande). Fiquei assustada. Eu sei que há quem veja as pessoas que vejam quem ja faleceu, mas ver a nos proprios??? Alguem tem resposta para isto?? 

Foi um dos momentos mais assutadores da minha vida.

Foi um ser não-humano, do tipo metamorfo, que vive do medo e da curiosidade. Isso não significa que seja ruim, só que tu precisas tomar cuidado com o que vê (sinto que a mensagem foi essa). Qualquer coisa, me adiciona para podermos conversar. Ps: sou do Brasil :)
Ele quis te ensinar que nem tudo o que vê é do modo que parece.

Olá...eu tenho vários momentos evidenciados por mim que fazem com que eu tenha a certeza que há vida depois do corpo morto. Assim como tenho sonhos reais ,que chamo de repressões de vidas passadas....

Ola, olha, quando mais nova tive algumas experiências interessantes. Mas por ter muito medo na época acabei bloqueando tudo isso de uma maneira muito forte, tanto que hoje tento muito desenvolver novamente este lado e não sou bem sucedida.
Uma vez estava sentada na área da casa dos meus pais, e quando olhei pro lado vi um cara agachado, com uma calça rasgada uma camiseta branca, o cabelos um pouco grande me olhando. Mas não tenho a menos idéia de quem seja. srsr
Outra vez, quando passei por um determinado lugar em uma rua, meu corpo travou completamente, não conseguia andar, nem falar, nem nada foi uma sensação não muito boa.
Vi um rapaz de terno muito bem arrumado, no portão da casa em que eu morava. Via vultos muitas vezes. Mas isso começou a me assustar, pois não tinha muito conhecimento, e meus pais contribuirão por achar que era coisa do diabo. kkk e também da minha cabeça. Então decidi bloquear qualquer pensamento neste segmento. Poem hoje me arrependo, e gostaria muito de desenvolver novamente isso. Mas não consigo :(

RSS

© 2017   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço