GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Posts no blog por Edilza

CONEXÃO COM HILARION

CONEXÃO COM HILARIONAtualizaçãoAtravés de Marlene SwetlishoffJulho 2020“... É como as energias trabalham,…Ver mais...
16 horas atrás
Posts no blog por Edilza
ontem
Posts no blog por Edilza
quarta-feira
Adalberto Vieira curtiram o evento Discordianismo de Timóteo Pinto
segunda-feira
Posts no blog por Edilza
segunda-feira
Ana Bela G: Pestana curtiu a postagem no blog QUANTOS SOLSTÍCIOS E EQUINÓCIOS VOCÊ VIVENCIOU? de Edilza
28 Jun
Onedes Vieira da Silva Pinto curtiu a postagem no blog QUANTOS SOLSTÍCIOS E EQUINÓCIOS VOCÊ VIVENCIOU? de Edilza
26 Jun
Posts no blog por Edilza
26 Jun
priscila entrou no grupo de Lucas Araujos Lisboa
Miniatura

Viagem Astral

 Neste grupo vou abordar alguns assuntos de viagem astral, vou ensinar alguns exercícios tanto para desenvolver o corpo como a mente, e por fim um exercício para a retirada do corpo.    Ver mais...
26 Jun
priscila curtiram a discussão LIVRO VOLTAR DO AMANHÃ - história real de Alcides Magalhães Gomes da Silva
26 Jun
priscila curtiram a discussão A Garota que lembra de 10 vidas passadas de Edilza
26 Jun
priscila curtiram a discussão VOCÊ É UM RAIO AZUL? de Edilza
26 Jun

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook



A vida de cada um de nós pode ser comparada à conquista de uma montanha. Assim como a vida, ela possui altos e baixos. Para ser conquistada, deve merecer detalhada observação, a fim de que a chegada ao topo se dê com sucesso.

Todo alpinista sabe que deve ter equipamento apropriado. Quanto mais alta a montanha, maiores os cuidados e mais detalhados os preparativos.

No momento da escalada, o início parece ser fácil. Quanto mais subimos, mais árduo vai se tornando o caminho.

Chegando a uma primeira etapa, necessitamos de toda a força para prosseguir. O importante é perseguir o ideal: chegar ao topo.

À medida que subimos, o panorama que se descortina é maravilhoso. As paisagens se desdobram à vista, mostrando-nos o verde intenso das árvores, as rochas pontiagudas desafiando o céu. Lá em baixo, as casas dos homens tão pequenas

É dali, do alto, que percebemos que os nossos problemas, aqueles que já foram superados, são do tamanho daquelas casinhas.

Pode acontecer que um pequeno descuido nos faça perder o equilíbrio e rolamos montanha abaixo. Batemos com violência em algum arbusto e podemos ficar presos na frincha de uma pedra.

É aí que precisamos de um amigo para nos auxiliar. Podemos estar machucados, feridos ao ponto de não conseguir, por nós mesmos, sair do lugar. O amigo vem e nos cura os ferimentos.

Estende-nos as mãos, puxa-nos e nos auxilia a recomeçar a escalada. Os pés e as mãos vão se firmando, a corda nos prende ao amigo que nos puxa para a subida.

Na longa jornada, os espaços acima vão sendo conquistados dia a dia.

Por vezes, o ar parece tão rarefeito que sentimos dificuldade para respirar. O que nos salva é o equipamento certo para este momento.

Depois vêm as tempestades de neve, os ventos gélidos que são os problemas e as dificuldades que ainda não superamos.

Se escorregamos numa ladeira de incertezas, podemos usar as nossas habilidades para parar e voltar de novo. Se caímos num buraco de falsidade de alguém que estava coberto de neve, sabemos a técnica para nos levantar sem torcer o pé e sem machucar quem esteja por perto.

Para a escalada da montanha da vida, é preciso aprender a subir e descer, cair e levantar, mas voltar sempre com a mesma coragem.

Não desistir nunca de uma nova felicidade, uma nova caminhada, uma nova paisagem, até chegar ao topo da montanha.

Com carinho!

 

Exibições: 56

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

Comentário de Sérgio Mello em 7 abril 2014 às 1:07

Gostei!

© 2020   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço