GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Posts no blog por Edilza

“A razão para esta encarnação"

“A razão para esta encarnação"Os Arcturianos através de Suzanne LieCaro Arcturiano,Você tem uma mensagem para compartilhar conosco hoje?Sim, nós, os Arcturianos, assim como toda a sua família galáctica, sempre temos algo a compartilhar com nossa…Ver mais...
15 horas atrás
Edilza curtiu a postagem no blog 8 DE AGOSTO - ATIVAÇÃO DO PORTAL DE LEÃO de Edilza
sábado
Posts no blog por Edilza
sábado
Posts no blog por Edilza

CONSCIENTIZAR

CONSCIENTIZAR28-07-2020 20:10mensagem de Mãe Maria canalizada por Jane Ribeiro em julho de 2020QUE AS BÊNÇÃOS DO AMOR TRAGAM PAZ AOS VOSSOS CORPOS, MENTES E CORAÇÕES. AS TRANSFORMAÇÕES EM VOSSOS CORPOS E EM VOSSO PLANETA OCORREM RAPIDAMENTE NESTE…Ver mais...
quarta-feira
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog RELATÓRIO DA ENERGIA PARA AGOSTO DE 2020 de Edilza
quarta-feira
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog RELATÓRIO DA ENERGIA PARA AGOSTO DE 2020 de Edilza
4 Ago
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog RELATÓRIO DA ENERGIA PARA AGOSTO DE 2020 de Edilza
4 Ago
Posts no blog por Edilza
4 Ago
Posts no blog por Edilza
3 Ago
Posts no blog por Edilza

PREVISÃO DA ENERGIA PARA AGOSTO DE 2020

PREVISÃO DA ENERGIA PARA AGOSTO DE 2020PREVISÃO DA ENERGIA PARA AGOSTO DE 2020Por Emmanuel Dagher31 de Julho de…Ver mais...
1 Ago
Posts no blog por Edilza
31 Jul
Posts no blog por Edilza

OS ENIGMAS DA VIDA APÓS A MORTE NO ANTIGO EGITO

OS ENIGMAS DA VIDA APÓS A MORTE NO ANTIGO EGITOOs notórios rituais da civilização prometiam o reencontro do corpo com o espíritoLUISE DE OLIVEIRA RODRIGUES PUBLICADO EM 10/07/2020, ÀS 08H00O impressionante sarcófago de Tutancâmon - Getty ImagesNa…Ver mais...
29 Jul

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

A passagem da vida para a morte, na visão de Hipócrates

 

Diante do litoral da Ásia Menor, na ilha de Cós, cerca de 460 anos antes de Cristo, nasceu Hipócrates, chamado o pai da medicina porque ensinou aos seus discípulos a necessidade de estudar os sintomas de uma enfermidade antes de tentar a sua cura.

Os gregos consideravam Hipócrates descendente de um deus. Ele foi, de fato, uma espécie de médico-sacerdote, ou sacerdote-médico, como haviam sido antes dele diversos membros de sua família, que vinham já, durante muitas gerações, praticando a medicina. Dizem os especialistas que foi ele quem separou a medicina das práticas religiosas do seu tempo.

Quando alguém ficava doente, Hipócrates observava atentamente o curso da enfermidade e buscava saber se todas as pessoas que sofriam de doença similar eram afetadas da mesma maneira.

Em seguida, conhecendo o curso comum da enfermidade, podia prever o que iria acontecer e tomar as precauções necessárias para enfrentar os sintomas que dali adviriam e, assim, lutar com maior eficácia contra o mal.

Não é difícil compreender a importância desse sistema numa época em que os médicos nada sabiam sobre as enfermidades e tratavam os doentes como se a doença de cada dia não tivesse relação com a doença do dia anterior.

Hipócrates tornou os médicos observadores e experimentadores e, embora seu sistema nada tivesse de notável, constituiu uma etapa grandiosa na história da medicina experimental.

Por causa disso, em torno dele agruparam-se numerosos discípulos sequiosos de aprender seus métodos e aplicar suas observações e princípios. Hipócrates fez com que todos eles jurassem solenemente obedecer ao mestre, compartilhar generosamente com os companheiros os conhecimentos que adquirissem, manter uma conduta de absoluta honorabilidade, e jamais divulgar qualquer segredo obtido na sala de consultas.

Os escritos de Hipócrates, cuja obra teve continuadores na grande escola de Alexandria, constituem até hoje um patrimônio da humanidade, conquanto alguns anos depois os médicos se tenham afastado dos princípios por ele ensinados, entregando-se a toda espécie de extravagâncias e loucuras, até o surgimento de Galeno, o sábio grego que nasceu em Pérgamo, no ano 130 depois de Cristo.

Com relação à morte, um dos temas fundamentais do Espiritismo, o pensamento do grande médico grego não difere na essência do que Allan Kardec nos ensinou.

“A passagem da vida para a morte – entendia Hipócrates – não pode ser tão ameaçadora, porque todos nós vamos morrer um dia.”

O grande sábio tem razão. A morte nada mais é que um capítulo de uma existência corpórea, mas diz respeito tão-somente ao corpo físico. A alma não morre, a alma desencarna e, livre dos despojos carnais, prossegue em sua trajetória inextinguível, aprendendo e progredindo sempre, na sucessão dos evos.

Não fosse assim, não haveria nenhuma explicação para a genialidade de vultos como Hipócrates, o grande mestre de todos aqueles que se dedicam à arte de curar pessoas.

Editorial – O Consolador

Exibições: 445

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

Comentário de Ivete Cardoso Carvalho em 8 maio 2015 às 3:37

Gratidão, pelo texto e por seu comentário Ariony Sibilly Naiara, amor e luz, Namastê!

Comentário de Ariony Sibilly Naiara em 5 maio 2015 às 23:50

"Para os males extremos, só são eficazes os remédios intensos." Hipócrates

Em algumas ocasiões, pude perceber o espírito da pessoa desencarnada ao lado ou próximo do próprio caixão. O que mais me deixou feliz foi quando, um jovem de uns 26 anos, tetraplégico e com problemas cerebrais desencarnou e o vi, claramente, exaltando de alegria, pulando, movimentando-se plenamente, leve e feliz!!! Momento mágico aquele...

Texto muito bom e ainda me trouxe essa lembrança maravilhosa, que fiz questão de dividi-la com você.

Comentário de marceliana maria da silva em 5 maio 2015 às 10:21

Bom texto

© 2020   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço