GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Marlene Theodoro de M Teodoro curtiu a postagem no blog 2O DORES CORPORAIS E A RELAÇÃO DELAS COM OS SENTIMENTOS – SUA DOR PODE SER EMOCIONAL! de Lenita dos Santos Andrade
ontem
FRANCISCO CARLOS B HOLANDA comentou a postagem no blog CURIOSIDADES - Alguns números do Ignotus de Edson Luiz Pocahi
"Excelnte desempenho do site, parabéns a todos que contribuíram, direto e indiretamente, gratidão!!!"
terça-feira
Edilza curtiu a postagem no blog Descubra o significado espiritual das abelhas e o que elas querem lhe dizer! de Edilza
terça-feira
Soeli Maria Moreira curtiu a postagem no blog CURIOSIDADES - Alguns números do Ignotus de Edson Luiz Pocahi
terça-feira
Soeli Maria Moreira curtiu a foto de Edilza
terça-feira
Tânia curtiu a foto de Edilza
terça-feira
Posts no blog por Edilza
terça-feira
Onedes Vieira da Silva Pinto curtiu a postagem no blog MENSAGEM OCULTA DENTRO DA LUZ - O AGORA DO UM de Edilza
terça-feira
Onedes Vieira da Silva Pinto curtiu a postagem no blog CURIOSIDADES - Alguns números do Ignotus de Edson Luiz Pocahi
terça-feira
Edilza postou um vídeo

GRATIDÃO

Para a Presença EU SOU em mim... sem palavras para descrever o que sinto hoje... então fiz este video com a musica que ouvi em meu coração hoje. Foi fantásti...
terça-feira
Viviane Fernandes curtiu a postagem no blog MENSAGEM OCULTA DENTRO DA LUZ - O AGORA DO UM de Edilza
terça-feira
Edilza curtiu a postagem no blog MENSAGEM OCULTA DENTRO DA LUZ - O AGORA DO UM de Edilza
terça-feira

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

ASTROLOGIA EM TEMPOS DE COVID-19


ASTROLOGIA EM TEMPOS DE COVID-19
Sarah Varcas
agosto de 2020

Estamos vivendo tempos sem precedentes; tempos que exigem a convocação de qualidades à altura da gravidade deste momento. Para mim, como astróloga, isto significa um sentido inabalável de integridade em face aos desafios atuais, e a firme determinação de questionar a narrativa dominante; interpretar os mapas astrológicos deste momento de forma independente, não permitindo que eles sejam interpretados para nós pela grande mídia e aqueles que estão em posição de poder em todo o mundo.


PREVISÕES DO COVID-19

Em 2008, uma crise financeira global deixou muitas pessoas atordoadas. Entretanto ela havia sido prevista por vários astrólogos que, em diversos casos, perceberam os sinais muito antes de outros especialistas. Seria justo presumir que uma pandemia global como o Covid-19 fosse prevista de maneira igualmente ampla, ou até mais. Mas não foi.

Os comentários astrológicos sobre 2020 falavam da natureza opressiva das energias da conjunção Saturno/Plutão, sim. Muitos astrólogos andaram prevendo instabilidade financeira e crises econômicas nos próximos anos, graças a essas energias, como também à passagem de Urano por Touro. Mas, e falar de uma pandemia global que enclausura toda a sociedade do mundo inteiro? Por que os astrólogos não viram a chegada dessa crise sem precedentes na saúde pública?

Um astrólogo tem o dever de falar a verdade conforme a vê nos mapas que consulta para orientação. Isto nem sempre nos torna populares. Mas, em geral, você não se torna astrólogo para ser popular – confie em mim! Com muita frequência, os sinais dos tempos não são fáceis de engolir, nem são amplamente bem-vindos, mesmo pelos que se dizem abertos a eles!

Um momento como este não é nenhuma exceção. Quando as pessoas são estimuladas (e programadas) para o medo enquanto lutam para lidar com desafios imensos, elas buscam na astrologia algo que as tranquilize, e se não obtêm essa segurança, podem tender a agir de acordo com esse estímulo/programação. Mas os astrólogos não estão aqui simplesmente para tranquilizar. Não somos um Band-Aid cósmico ou uma panaceia conveniente. Estamos aqui para falar o que precisa ser dito, no momento, conforme o percebemos.

Nos últimos meses, alguns astrólogos podem ter sido tentados a encaixar os mapas dentro da narrativa predominante. “Eles dizem que esta é uma pandemia mortal, então precisamos ler os mapas no que se refere a isso.” Mas isto, no meu modo de ver, é uma astrologia falha. Como astrólogos, não olhamos para a mídia, nem para o governo e seus inúmeros conselheiros, para definir o contexto das nossas leituras. Nós olhamos para os planetas e deixamos que eles falem.

É claro que isto não quer dizer que não podemos nos envolver com eventos da atualidade de outras maneiras. Precisamos nos manter informados e a par do que está sendo dito e por quem. Mas não a ponto de podermos simplesmente repetir tudo isso para as pessoas, acrescentando mais uma voz à câmara de eco da mídia tendenciosa e da opinião popular. Somos melhores do que isso!

E a prática e disciplina da astrologia merece algo melhor do que isso. Pois o que acontece com a frequentemente contestada veracidade da astrologia, se nós seguirmos inquestionavelmente uma narrativa tão abrangente agora e, ainda assim, falharmos em prever seus eventos? Isto a enfraquece, oferece alimento e munição àqueles que negam a astrologia e procuram desacreditar a nossa profissão.

OS VERDADEIROS VÍRUS SÃO A TIRANIA E O MEDO

Isto me leva de volta à pergunta: “por que os astrólogos não previram esta pandemia global como previram a crise financeira global?” Afinal de contas, a doença geralmente é muito evidente em termos astrológicos. De fato, existe todo um braço da astrologia dedicado ao entendimento da saúde e da doença através da aplicação da visão astrológica.

Talvez a pandemia não tenha sido prevista porque os motivos para tal crise global de saúde fossem escassos, na melhor das hipóteses. Sim, você pode destacar alguns, se procurar por eles. Mas eles não estão saltando à vista, como seria de se esperar no caso de uma crise de saúde mortal, abrangendo todo o planeta, que transformaria as sociedades do mundo inteiro.

Em vez disso, o que vejo é o seguinte:

1) A imposição da tirania (refletida na conjunção Saturno/Plutão em Capricórnio, em janeiro de 2020);

2) A manipulação da informação para servir a uma agenda de medo, que podemos transformar em um despertar para a verdade, se assim escolhermos (Júpiter em conjunção com Plutão, de abril a novembro de 2020);

3) O potencial para a percepção mais ampla de que a agenda está sendo controlada por aqueles que estão em posição de autoridade (Saturno em conjunção com Júpiter em Aquário, em dezembro de 2020);

4) Uma subsequente batalha pelo poder de moldar o futuro (Saturno em quadratura com Urano durante 2021).

Poder-se-ia argumentar que a conjunção Saturno/Plutão reflete uma pandemia, sim. Mas em Capricórnio, o signo da autoridade, restrição e, em seu nível mais básico, tirania? Não estou convencida disso. Não me parece correto. Fazer com que se encaixe parece-me forçado demais, obrigando a astrologia a se ajustar à narrativa dominante, em vez de lê-la sem nenhum preconceito.

Durante os últimos meses, tornou-se cada vez mais evidente que, seja o que for que esteja realmente acontecendo, nossa percepção disso está sendo manipulada. Cientistas experientes, que têm se pronunciado desafiando a narrativa dominante, estão sendo rotineiramente silenciados, censurados e banidos das principais plataformas da web.

Questões sérias estão sendo levantadas sobre o impacto do isolamento e outras medidas introduzidas para “controlar a propagação do vírus”, tratamentos para Covid-19, contagem de mortes e testes. Mas o debate está sendo sistematicamente silenciado, enquanto a narrativa dominante de medo, controle e submissão continua inabalável. O que, para mim, se parece muito com Saturno/Plutão!

A implementação explícita dessa censura em toda a web não é apenas uma coincidência aleatória. Está acontecendo por uma razão e qualquer pessoa que realmente tenha a mente aberta deve se perguntar qual pode ser essa razão, ao invés de tentar ignorá-la ou – pior ainda – silenciar aqueles que falam sobre isso.

VIÉS ANTICIENTÍFICO OU CONTRA A CIÊNCIA PRECONCEITUOSA?

Em julho de 2020, eu publiquei este texto sobre a Lua Negra em Câncer. Isto desencadeou uma enxurrada antecipada e inevitável de cancelamentos da minha lista de e-mails por aqueles que foram empurrados para fora de sua zona de conforto, pela sugestão de que estamos sendo manipulados em vez de protegidos. Em certo ponto, fui acusada de ter um "viés anticientífico".

Achei isso uma acusação irônica, considerando esta página do meu site, que contém links de muitos cientistas e médicos que estão arriscando suas reputações e carreiras ao expressar suas preocupações sobre as condições impostas a milhões de pessoas ao redor do mundo, apesar de serem sistematicamente silenciados em suas tentativas de fazer isso.

Enquanto isso, as principais notícias e meios de comunicação continuam a papaguear uma perspectiva única, que todos devemos engolir indiscriminadamente como autômatos submissos, sem um único pensamento original nosso.

Na realidade, eu não tenho preconceito contra a ciência; na verdade sou contra a ciência preconceituosa. Palavras semelhantes, ordem diferente! A ciência é uma disciplina vasta e complexa que não consegue nem sequer concordar consigo mesma. Pergunte a um biólogo e a um físico quântico o que é a vida e você obterá duas respostas muito diferentes!

Supor que existe uma perspectiva científica única e nenhum potencial para uma diferença de pontos de vista é, na melhor das hipóteses, dolorosamente ingênuo. Quando essa suposição dá origem ao silenciamento de pontos de vista divergentes e à supressão de evidências contrárias, torna-se algo muito mais sinistro

Até este momento, este ano está sendo uma grande revelação. Pessoas, que nunca em um milhão de anos eu esperaria que fizesse isto, tentaram me calar nessas questões. Qual o motivo disto, é difícil dizer, mas certamente é verdade que o medo pode distorcer profundamente nossa abertura a novas ideias.

E não é de se surpreender que a perspectiva de uma tirania global sistematizada, destruindo a vida das pessoas, possa nos fazer querer enterrar nossa cabeça na areia morna e convidativa da negação. Olhando a questão sob esta perspectiva, um bom vírus à moda antiga parece ser a melhor opção!

Mas eu simplesmente não acredito que esta seja a verdadeira ameaça aqui. Mesmo porque, apesar de meses de leitura, questionamento e pesquisa, eu ainda não me convenci de que o que nos está sendo dito é o que está acontecendo de fato.

Essa falta de evidências convincentes, acrescida da astrologia deste ano, que é tão rara em indicadores de uma pandemia, deveria fazer soar o alarme para todos. E quando aqueles que estão no poder procuram desencorajar as pessoas de pensar por si mesmas e sistematicamente silenciam e desacreditam aqueles que o fazem, todos nós temos a responsabilidade de pelo menos considerar por que eles estão optando por fazer isso… E quem ganha com isso.

VERDADES AMARGAS

Nos próximos meses, deveremos despertar para algumas verdades amargas sobre o que realmente está acontecendo em nosso mundo hoje. Como eu disse em janeiro, antes de tudo isto começar, nada é o que parece e ainda há muito a ser revelado. Não tenho todas as respostas e não estou afirmando tê-las, mas acredito que, como astróloga, tenho o dever de levantar questões e falar, mantendo sempre a fidelidade ao que os planetas falam comigo.

Você não precisa ouvir, é claro. Mas realmente espero que, pelo menos, pare para se perguntar por que é tão atraente ignorar a censura em massa de especialistas altamente treinados, qualificados e experientes, simplesmente para evitar a obrigação de enfrentar a perspectiva inquietante de que nem tudo pode ser como você foi levado a acreditar.

A LIBERDADE PODE PREVALECER

Os físicos quânticos têm demonstrado como a atenção molda a realidade. No momento, essa parte da ciência transformadora está sendo ignorada em favor de uma narrativa de medo, acompanhada da afirmação de que a imposição de níveis de controle sem precedentes e, em alguns lugares, a remoção total dos direitos civis – e de muitos humanos – é uma reação razoável a um contágio que permanece assintomático na grande maioria das pessoas às quais é dito que o têm.

Mas a astrologia de 2020 não fala de um contágio mundial, de uma ameaça de doença e morte tão grande que justifique a dizimação da vida de pessoas e a imposição de controles tirânicos opressivos em todos os nossos movimentos. Nem fala das autoridades agindo no interesse do povo para proteger e preservar as dignidades básicas da vida humana.

Em vez disso, ela fala de um enorme desafio à nossa liberdade de autonomia, à liberdade de pensamento, de expressão, de movimento e associação, e ao nosso direito de decidir como entendemos e reagimos aos eventos e desafios em nossas próprias vidas.

A boa notícia é esta: com Marte agora em conjunção com o igualmente formidável Eris, até o fim deste ano, há bastante energia à disposição daqueles que escolhem o caminho do Eu-soberano e não do eu-dependente, vulnerável, dominado pelo medo, que estamos sendo preparados para nos tornarmos.

Reivindique esta energia como sua e utilize-a bem! A qualidade do nosso futuro coletivo depende disto, e se permanecermos fortes juntos, a independência, o amor e a liberdade podem prevalecer – e prevalecerão.

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação - DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Instagram - @blogdecoracaoacoracao
Informações e Agendamentos para Mesa Quântica Estelar, Mesa Pet,
Psicogerador e Frequência de Cura Arco Iris - lecocqmuller@gmail.com
© Sarah Varcas. Todos os direitos reservados. É dada permissão para compartilhar livremente este artigo em sua totalidade, desde que seja dado todo crédito ao autor. E que seja citado o site onde este texto é oferecido gratuitamente: www.astro-awakenings.co.uk
Imagem: https://astro-awakenings.co.uk/wp-content/uploads/2020/08/out-of-yo...
Fonte: https://astro-awakenings.co.uk/astrology-in-the-age-of-covid-19
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com
Grata Vera!

LUZ!
STELA

Exibições: 148

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 11 setembro 2020 às 12:41

Excelente artigo. Por várias razões aqui descritas eu nunca acreditei em Astrologia. Aliás está difícil acreditar em alguma coisa. Tem que manter mente aberta. Ótimo conselho desse artigo. Obrigada.

© 2020   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço