GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

sonia hedilamar campos curtiu a postagem no blog PORTAL 11:11 de 2018 de Edilza
9 horas atrás
sonia hedilamar campos curtiu a postagem no blog PREVISÃO DA ENERGIA DE NOVEMBRO DE 2018 de Edilza
9 horas atrás
sonia hedilamar campos curtiu a postagem no blog Mensagens de Sergio Mello 21 de Edson Luiz Pocahi
9 horas atrás
Posts no blog por Edilza
15 horas atrás
Soeli Maria Moreira curtiu a postagem no blog Mensagens de Sergio Mello 21 de Edson Luiz Pocahi
16 horas atrás
Tânia curtiu a postagem no blog Mensagens de Sergio Mello 21 de Edson Luiz Pocahi
ontem
Armelinda Moreira curtiu a postagem no blog PORTAL 11:11 de 2018 de Edilza
ontem
Armelinda Moreira curtiu a postagem no blog PORTAL 11:11 de 2018 de Edilza
ontem
Armelinda Moreira curtiu a postagem no blog PORTAL 11:11 de 2018 de Edilza
ontem
Armelinda Moreira curtiu a postagem no blog PORTAL 11:11 de 2018 de Edilza
ontem
Armelinda Moreira curtiu a postagem no blog PREVISÃO DA ENERGIA DE NOVEMBRO DE 2018 de Edilza
ontem
Armelinda Moreira curtiu a postagem no blog Mensagens de Sergio Mello 21 de Edson Luiz Pocahi
ontem

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

Ciência confirma: lago com água líquida é descoberto em Marte

Localizado debaixo de camada de gelo, reservatório tem cerca de 20 km de largura
 

NOVA YORK — Um enorme lago foi detectado sob a superfíciie de Marte pela, o que representa o primeiro corpo estável de água líquida já encontrado no Planeta Vermelho, anunciaram cientistas nesta quarta-feira. Localizado a 1,5 quilômetro abaixo de uma camada de gelo no Polo Sul marciano, o lago é amplo, com cerca de 20 quilômetros de largura. A descoberta levanta a possibilidade de haver mais água e, talvez, vida em Marte, afirmam os pesquisadores responsáveis pelo estudo, publicado na revista americana "Science".

— Isso nos tomou longos anos de análise de dados e provas para encontrar um bom método para estarmos seguros de que o que observávamos era inequivocadamente água líquida — disse o coautor do estudo Enrico Flamini, cientista chefe da Agência Espacial Italiana.

Foto da Nasa mostra calota polar sul de Marte - HO / AFP

Segundo a publicação, os pesquisadores já suspeitavam da presença de água líquida nas calotas polares de Marte há 30 anos, mas sua existência ainda não tinha sido confirmada. Os cientistas observaram o Planeta Vermelho com um radar de baixa frequência da nave Mars Express, usado em busca de água líquida por mais de 12 anos. O conteúdo coletado entre os anos de 2012 e 2015, de acordo com a "Science", mostra evidências de que há água líquida sob uma camada de gelo no Sul do planeta.

— Este é um resultado assombroso que sugere que a água em Marte não é um escoamento temporal, como foi revelado em descobertas prévias, mas sim um corpo de água persistente que cria as condições para a vida durante largos períodos de tempo — disse Alan Duffy, professor associado da Universidad Swinburne, na Austrália.

— Este é o lugar de Marte onde há o que mais se assemelha a um habitat, um lugar onde a vida poderia existir — disse o astrônomo Roberto Orosei, do Instituto Nacional de Astrofísica da Itália, que liderou a pesquisa. — De fato, há organismos terrestes que podem sobreviver e se desenvolver em ambientes similares. Há microorganismos na Terra que são capazes de sobreviver inclusive no gelo.

LAGOS HÁ BILHÕES DE ANOS

Marte é agora um planeta frio, árido e desértico, mas há pelo menos 3,6 milhões de anos era quente e úmido e tinha grande quantidade de água líquida e lagos. Por anos, cientistas tentam decifrar o que aconteceu com as águas que já estiveram pela superfície do planeta.

Dentro da chamada zona habitável do Sistema Solar, ele era quente o suficiente para ter água, como comprovam estruturas geológicas semelhantes a leitos de rios secos e minerais que só se formam na presença da substância em estado líquido. Porém, em algum momento, este cenário foi transformado num mundo frio e desértico. Um estudo publicado no ano passado da revista “Science” defende que esta transformação foi provocada pela perda da atmosfera, varrida por radiação e ventos solares.

Uma pesquisa divulgada pelo "Geology Journal of Geological Society of America" este ano confirmou a existência de lagos há bilhões de anos. Os cientistas atestaram que rachaduras de lama encontradas na superfície, que só se formam quando sedimentos molhados são expostos ao ar, indicavam que Marte passou por ciclos parecidos com os da Terra.



Fonte: https://oglobo.globo.com/sociedade/lago-com-agua-liquida-descoberto... 

Exibições: 125

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 28 julho 2018 às 18:05

E agora? Qual o próximo passo?

© 2018   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço