GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Posts no blog por Edilza
21 horas atrás
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog “30 frases do filme “A Cabana” que te impressionarão pela profunda sabedoria" de Edilza
ontem
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog “30 frases do filme “A Cabana” que te impressionarão pela profunda sabedoria" de Edilza
ontem
Edson Luiz Pocahi compartilhou o post do blog de Edilza em Facebook
quarta-feira
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog “30 frases do filme “A Cabana” que te impressionarão pela profunda sabedoria" de Edilza
quarta-feira
Posts no blog por Edilza

“30 frases do filme “A Cabana” que te impressionarão pela profunda sabedoria"

CURA QUÂNTICA“30 frases do filme “A Cabana” que te impressionarão pela profunda sabedoria"Às vezes a…Ver mais...
segunda-feira
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog MERCÚRIO RETRÓGRADO de Edilza
sábado
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog OS SERES DO RAIO AZUL E DO RAIO VIOLETA E SUA MISSÃO de Edilza
sábado
Posts no blog por Edilza
sábado
fatima maria cerqueira curtiram o evento OSHO de Lenita dos Santos Andrade
21 Fev
fatima maria cerqueira curtiram o evento Astrologia de Marcelo Cintra
21 Fev
fatima maria cerqueira curtiram o evento CIVILIZAÇÕES ANTIGAS de Francesco Andrade
21 Fev

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

COM O CORAÇÃO... 

 

(cor, coragem,  cor + ação!)

 

 

Aqui,  agora...

Bem dentro de meu coração...

Sinto e vejo o divino esplendor do Pai,

Irradiando amor em todas as direções,

Que agora me alcança,

Desde o lindo brilho de teu olhar,

O olhar de uma criança...

Ao resplendor celular, ao resplendor estelar...

Re-fazendo  minha alegria

De poder viver na eterna folia

Da divina graça

Que hoje faz festa

Seresta

Pagode,

Gregorianos

O som interior da sacralidade do AUM

O primordial sOM

Presente mesmo que em silencioso T – OM...

Minha Alma Agora por Você canta e dança, sussurrando ao te ver-ser para sempre feliz...:

 

 

OM – MANI - PADI –MEM - OM...

 

(abertura do chacra coronário ... O LÓTUS DE MIL PÉTALAS)

 

 

Nossa expansão-contração, respiração-omspiração-expiração, ritmos do coração, sístole-diástole, cérebros,-consciente direito e esquerdo-, mente, emoções, alma e espírito, devolvem neste momento, no carinho-amparo-estendida consciência, na confiança-satisfação-bonança-esperança, e respondem em parceira-união com a sintonia de nosso santo NAMASTHÉ...: Na nossa definitiva CURA...e libertação (livre + ação)... Em preciosa e rara sincronia e sintonia...:

 

 

RA – MA – DA – SA – SA SAY – SÓ – RAM...

 

(sol, lua, Gaya, infinito, totalidade, éter...)

 

E ainda devotadaMENTE vai mental e amorosamente recitando seus mantras preferidos...   OM SHANTI!   -  e mais infinitas e superiores vibrações de sintonia e poder... Tais como:  PAI NOSSO QUE ESTAIS NO  CÉU...

AVE MARIA CHEIA DE GRAÇA... O SENHOR É MEU PASTOR... TUDO POSSO NAQUELE QUE ME FORTALECE... SALVE DEUS! ...  AXÉ... SHALON... QUE A PAZ SEJA CONVOSCO... SANTO ANJO DO SENHOR... QUEM HABITA O ESCONDERIJO DO ALTÍSSIMO...

(porque todas as palavras são mantras de diversos níveis e graus de poder... prefira e profira sempre palavras espiritualmente mais elevadas, positivas, criativas, consoladoras, REALISTAS-OTIMISTAS, elevadas... Elas assim são parceiras do Amor!)

 

 

No coração-Alma de cada ser, de cada irmão, irmã,

No mineral, vegetal, animal, éter, hominal de cada  UM,

Na respiração agora mais consciente

De alguém que doravante sente,

Que começa a Si encontrar

A treinar cotidiaMENTE seu amar...

 

Olha só:

Tô nem aí...

Para a gramática, o “oficial curriculum”, a programática,

Mas para a pragmática-solucionática da abertura do Belo,

Da irmandade, do coração sincero...

E Me encontro

A expandir minhas-suas fronteiras mentais, espirituais, emocionais, mesmo física-juventude,

Almejando, como você,  a Meta da Plenitude,

Que já se pode ver em qualquer coisa, em qualquer lugar...

No botão da rosa,  no desabrochar sorridente, semente, contente, apenas por assim só ser...

No reconhecimento mundial da nova era implantando-se mais e mais,

Nos governos que já não conseguem mais esconder

E todos vão ver! ...

A vida e a dinâmica extraterrestre

Com nossos irmãos alienígenas, todo-fraternos, espirituais, amorosos e prestativos operários,

Na lide-refazimento-soerguimento-conserto-reconcerto-re-equilíbrio de Gaya, desde sempre

Contente, jogo do contente, porém consciente...

Aqui, bem dentro do centro de meu ser,

No solitário-gostoso Coração que agora é seu, é de Deus, é  de todos nós!

 

Bem aqui dentro das multidimensões energéticas do amar,

Que alcanço nas múltiplas Moradas da Casa de nosso Pai-Mãe,  nas aleluias da gratidão...

De incendiado coração-violeta-azul-rosa-dourado...

No meu auto-eldorado,

Do plenaMENTE viver,

Do meu apenas existir

Consciente

Crístico, Búdico, cosmicamente poético, fazendo-me a cada segundo ciente-presente

Da assombrosa força transformadora, edênica

E Onipresente do amor,

Amor que cada ser sente, vive, pulsa, vivifica, tem por impulso

No firme pulso

Que orienta suas candeias,

Desde seus mais ínfimos, éticos propósitos e puras intenções

À sede maior de Deus,

À devoção luminar e subliminar,

À sua sempre em expansão fé de grão de areia,

E que a visão do todo que nele semeia...

À Fé que co-cria mundos e fundos, átomos, nêutrons, galáxias e interiores infinitos...

Com e sem armaduras,  com e sem auto-regulaMENTOS, com e sem contramãos, com e sem chapéus, com e sem fardas, katchups e mostardas...

Sem o domínio escravizante de nosso pequenino ego... Que, petulante, ainda “se acha”...

Sem preconceitos,

Sem passado,

Sem futuro,

Sem mestres...

Velejando nas árias de seu profícuo e maravilhoso Vazio... Vazio  relativo e absoluto que a tudo contém...

Usufruindo do presente Divino, estando plena e intensamente e serenamente presente em cada momento vivido...

Porque o seu maior Mestre é Você mesmo quando está inteiro,

Verdadeiramente íntegro no AGORA,  exataMENTE AQUI... Ciente, delicado, fraterno, buscador, autoconhecedor, completamente livre para amar, pensar, sonhar, internalizar, idealizar, repensar, reconfigurar-se, revalorizar-se, ressignificar-se, reestruturar-se, reposicionar-se perante Si mesmo (a) cultivando constantemente a sua auto-estima, sabendo que és um Filho(a) de Deus e que portanto, se quiseres, PODES!

 – Ter a certeza de que nascestes para ser feliz, viver na abundância, na riqueza, na opulência material e no desempenho espiritual de teu treinamento dedicado à melhorar-te sempre, crescer, evoluir ao máximo no que na nossa escolinha da Terra se nos tem a oferecer!

 Descartar completamente ridículos papéis e o papel de vítima,  discernir e fazer mais o que realmente importa abandonando mil coisinhas, hábitos e afazeres, mesmo diversões inócuas, desnecessárias e que nos sobrecarregam o espírito das pesadas vibrações do mundo... Procurar mais o silêncio profícuo da tua solidão necessária e bem cultivada... 

Redirecionar o leme de seu barquinho na tempestade ou na calmaria da serenidade de seu espírito..., imaginar, realizar, concretar e concretizar, seguindo apenas sua sempre em desenvolvimento intuição e otimizando a cada dia sua clarividência mental, seu poder pessoal, sua antevisão e premonições conscientes,   o seu pensar autônomo e a verdade orientadora e direcionadora de seu coração...

Aprender, com tudo e com todos, mais do que ensinar...

Ir devagarinho adquirindo a sabedoria do desapego e do despreocupar-se... centrando-se insistente e o mais completamente no agora, no hoje! ...

Na frescura, na candura, na moldura do sempre novo instante... Divinamente lindo, porquanto majestoso, porquanto desconhecido, porquanto misterioso, porquanto surpreendente e imprevisível instante- mutante...

E amando e sendo, mais do que tendo, e chegando junto com carinho,

Com o teu próximo cachorrinho,

Teu próximo passarinho no ninho

Teu próximo golfinho,

Teu próximo favelas,

Teu próximo mansões,

Teu próximo teus irmãos,

Teu próximo teus pais,

Teu próximo catador de lixo,

Teu próximo bancário,

Teu próximo banqueiro,

Teu próximo cavalos...

Teu próximo carroceiros,

Teu próximo feirante,

Teu próximo andarilho,

Teu próximo executiva,

Tua próxima dona-de-casa,

Teu próximo esposa

Teu próximo esposo,

Teu próximo prisioneiro

Teu próximo sem dinheiro,

Teu próximo com dinheiro,

Teu próximo mais próximo de Ti

É o Altíssimo sem-nome, com todos os nomes, sem qualquer distância de Ti...

Teu próximo azaleias,

Rosas azuis, brancas, liriadas como multicor arco-íris...espelhos dos anjos...

Que apenas refletem

O que te vai na alma,

Na Tua Eternidade,

No Teu paraíso perene.

E assim te sinalizam,

Indicando luminoso caminho

Que se olhares bem podes ver,

Perceber, minimizar o sofrer,

Podes desanuviar-te, ver lúcida e claramente...

Podes tanto!!! Muito, muito mais do que tu mesmo imaginas! Podes falar, escrever, e com inofensividade viver, saber, conhecer, relacionar-se, doar-se como o sol...

Proporcionar a ti mesmo (a) novo arrebol vital, sonhar, idealizar, internalizar, caminhar dia a dia, passo a passo, sempre tentar, e intentar... E todos, absolutamente todos os teus mais bonitos sonhos realizar... E nos teus sonhos, no teu caminhar, pretender incluir, dar de tua Liberdade a liberdade a todos, dar de teu amor o amor-ação-comunhão-desapego-união-parceria-inclusão...

Descartar-te de tanta nostalgia e saudade,

E recomeçar, sempre recomeçar tudo de novo, se assim for preciso.

Doar e provocar feições alegres, descontraídas, bem humoradas, semear sorrisos e colher luz no olhar...

E no agradecido coração sempre aspirar

A co-elaborar

Com teu semelhante,

Neste exato instante!

Que em última instância... Veja que interessante – ele e ela,

a calmaria e a procela,

São partes de ti, de tua alma integrante, intinerante,

A qual, vai repetindo para aprender, e no feio, no lindo, viaja célere como a duração de sua vida, a mesma duração de uma bolha de sabão...

Repetindo-se, sim, mas desta vez sob patamares mais elevados, vivenciados, re-trabalhados, re-conhecidos, amadurecidos...descondicionados, portanto pronto para a aceitação da inefável realidade desconhecida. Desconhecida, porém só até o momento que lhes desvendasse e desvelasse Seus mistérios, na obviedade atenta de cada momento...

Porque se amas a humanidade inteira

Planetária, cósmica, macrocósmica, intraterrena, intraoceânica, pluridimensional, supraconscienteMENTE... Bem como a todas as criaturas, frutos da Árvore da Vida e da Fonte inesgotável da eternidade do amor...

Mas primacialmente, fundamentalmente, primeiramente, AMAS a Ti mesmo!

Se já nem a alegria e a dor,

A saúde ou a doença,

Tuas ideias, tuas crenças,

O direito e o esquerdo,

O errado e o certo,

A vida e a morte,

Já para ti são indiferentes...

Porque ultrapassastes a Dualidade da vida,

Se já não tens pátria, continentes,

partidos, pétreas convicções,

E te pões

Aberto, vazio, no silencio de tua alma, no recôndito de teu interior

No incondicional, desinteressado, platônico, inegoísta, maravilhoso Amor,

Vais devagarinho, porém a passos  e eventuais saltos quânticos

Te conscientizando da grande Verdade

Da unicidade de tudo, com-tudo e de todos, com-todos...

sabendo que és UM – OM -  cOM d-EUs ...

E isto não é erro de grafia ou datilografia...

Porque a poesia é mais tocante

Quando é real,

Quando não é ilusória, quando suas palavras não são mais fúteis, transitórias...

Quando espelha tua verdadeira experiência,

Quando discerne do bem e do mal,

Quando alias inteligente e criativaMENTE

As tuas lágrimas e teus sorrisos...

Teu coração e mente...

 

Quando, mesmo com medo, insone ou faminto, cansado ou carente,

Sapato apertado, calorado ou com frio...

Reconhecido ou não, mesmo pelas injustas-MENTEs que te cercam diariamente...

Ainda assim fazes teu melhor, retribuindo insultos com indultos proveniente do perdão agora automático de teu coração, e que te centras-concentras no que é mesmo preciso atender:

As Imperiosidades primeiras de tua realidade –

A prioridade que se impõe a cada hora...

 

Então...

Tu te tornas um ser-de-luz, um guerreiro do Bem,

Um aliado de Deus,

Completamente fiel à Sua Suprema Vontade,

Onde assim renuncias até ao teu livre-arbítrio

Em função da tua prestação de SER-viço, no viço-dinâmica da vida,

Tornando-te agora 100% mais útil à vida,

Ao Universo teu parceiro,

Ao mais próximo e mais distante companheiro,

No fluxo incessante do devir, no Grande Rio

Cujo destino é a Fonte, o Oceano, os mares cósmicos de cada instante...

Quando te afinas e te alinhas com teu coração,

Com a misericórdia, a humildade, a devoção-oração em tua vida-prece,

Que muito se parece

Com o imenso Amor de Jesus! ...

Donde transportas e carregas a tua abençoada e resignada  e agradecida cruz,

Aos poucos incendiada pelo fogo-ardor-do-amor em cada circunstância da vida,  vívida e vivida em louvor, em agradecimento, em prestação de serviço ao Criador, como um divino instrumento sãofrancisconiano... Todo dia, todo ano, indo por milênios à frente...

 

Sem a mínima pre-ocupação com o espaço que evoluis e o tempo...

Pois também ilusório é o tempo-espaço

No regaço soberano

Da eternidade do Ser em SupraConsciência...

 

Aqui, agora, imediatamente sem delongas ou demoras,

Tu fazes de tua própria vida poético enredo,

Sem mais te abalares por nenhuma culpa ou medo,

Sabendo que o erro é necessário como prenúncio de um acerto maior,

Como um redirecionar de rotas, dantes rôtas,

E hoje mais seguras.

 

Aqui dentro de meu-teu coração só existe amor, confiança, dedicação, feliz e altruística intenção,

Nosso coração trabalha em oração

E se vê refletido e sentido

No olhar do outro,

No sucesso do outro

No sofrimento do outro,

No apelo e no socorro do outro...

Porque como um bumerangue,

Tudo que plantamos a nós retorna

Seja o som do ferro na bigorna,

Seja o som do carinho com as flores-mulheres,

Os homens companheiros...

É o coração que envia e recebe as dádivas da energia

Do amor, da paz-ativa, do encanto humano perfumado da flor que é ternura...

No olhar de quem em missão/aprendizado aqui na Terra persiste, perdura...

Como valentes soldados

Apreciando oportunidades e desfrutando alegrias,

Contemplando o formato das nuvens...

Fotografando cumes, pássaros, paisagens naturais e humanas, formigas, flores, nascer e por do sol, fotografando ainda com a Alma toda a situação que te exige paciência, solenidade, calma...

E se sentindo tão bem

Com seu dever humano-divino cumprido em cada dia

Dançando como um dervixe,

Viajando com o vento,

Vivendo pois sempre a contento e a favor

Do amor, do elevado sentimento,

Portanto, como apanágio de quem ama

Merecendo todos os direitos,

Que não constam das leis dos homens

Mas que ao mesmo tempo nelas os vê sub-entendidos,

Porque a Lei Maior que a Tudo regula e faz crescer

É saber

Viver

Simples-MENTE ser,

Encontrar na raiz do complexo

O simples no amplexo

Da mais pura Luz,

Que EU SOU

Que TU ÉS no teu EU SOU...

 

Que em última instância somos todos nós, todos UM só,

E do que já fomos, do pretérito nos desvencilhamos sem dó,

Deixando deste o aprendizado, as felizes soluções, os bons momentos inter-relacionados, apreciados, contemplados...

Nem do futuro albergamos mais quaisquer preocupações,

Apenas nos situamos, planejando, intencionando-nos fazer ou aprender com o não saber e tudo o que se nos vem...  Vivendo só no agora, simplesmente AQUI,

Amando Agora, aqui, ali...

Sentindo o ósculo das estrelas e lançando em amor beijos ao universo...

Centrados no coração

Do nossos irmãos e irmãs  do cosmos,

Uma única melodia, uma única realidade, em temporal e atemporal simultaneidade

Da imorredoura felicidade

Da inabalável e constante Alegria

Que tu-eu vamos encontrando,

Quando tu clamas a Deus e nEle confia,

Quando puraMENTE Te clamo...

EU TE AMO, EU TE AMO, EU TE AMO...

 

 

Ivanildo Falcão da Gama

emamoreluz@gmail.com

www.supraconsciencia.blogspot.com

 

18.04.2015

 

 

 

Exibições: 59

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

© 2020   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço