Ignotus Rede Social

    

GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

LANÇAMENTO: Tenha Autoconhecimento e Dinheiro no Bolso!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Edson Luiz Pocahi compartilhou o post do blog de Edilza em Facebook
1 hora atrás
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog O MODO MAIS BONITO DE SE LIVRAR DO EGO de Edilza
1 hora atrás
Posts no blog por Edilza
8 horas atrás
Gilberto T. Da Gama curtiu a postagem no blog Viver intensamente no Agora de Edilza
14 horas atrás
Gilberto T. Da Gama curtiu a postagem no blog O PODER CONQUISTADOR de Edilza
14 horas atrás
MARGARIDA MARIA MADRUGA deixou um comentário para Abner Klarosk
"BEM VINDO ABNER!Que todo murmúrio, vire oração. Que todas as dores, se tornem sorrisos. Que todas as fraquezas, virem levezas. Que toda tormenta, se torne paz. Que todo vazio, transborde de amor. E que Deus esteja contigo, aonde…"
20 horas atrás
silvia dejesus velhinho côrro curtiu a postagem no blog O Medo de Leonardo Cesar
ontem
Posts no blog por Edilza
ontem
sonia hedilamar campos curtiu a postagem no blog APRENDA A SILENCIAR A MENTE – por Sharon Taphorn de Edilza
ontem
Daniel Leça entrou no grupo de Valdir Antonio
Miniatura

OS ILUMINATS - Segredos Revelados

AQUI POSTAREMOS VÍDEOS EXCLUSIVOS - Sobre a Nova Ordem Mundial - Prepare-se para ver algo que o surpreenderá... "Iluminats"Ver mais...
ontem
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog O PODER CONQUISTADOR de Edilza
ontem
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog APRENDA A SILENCIAR A MENTE – por Sharon Taphorn de Edilza
ontem

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook


DÉJÀ VU


PODERIA O DÉJÀ VU SER UMA MANEIRA 
DE OBTER INFORMAÇÕES DE OUTRAS DIMENSÕES?

Déjà vu é um dos fenômenos pouco conhecidos e misteriosos de nossa psique. Muitas pessoas às vezes sentem que uma situação em sua vida já foi experimentada antes em todos os detalhes. Mas como e quando? Esse fenômeno é chamado Déjà vu, que em francês significa ‘já visto’.

É uma condição em que uma pessoa sente que experimentou uma situação do presente anteriormente, mas o sentimento não está associado a um momento específico do passado, mas refere-se ao passado em geral.

Déjà vu é bastante comum. Psicólogos acreditam que 97% das pessoas experimentaram pelo menos uma vez. Às vezes as pessoas têm medo do Déjà vu e se preocupam com sua saúde mental.

As razões que causam o fenômeno ainda não são claras. Pode ser causada pelos processos nas partes do cérebro associadas à memória e percepção. Há uma hipótese que às vezes a informação percebida chega às áreas da memória mais cedo do que à área da análise primária. Assim, o cérebro, comparando a situação já recebida pela memória, conclui que já aconteceu antes.

O cérebro humano funciona com a ajuda da eletricidade biológica. Recebe energia bioelétrica de todo o corpo e de si mesma. Os dois hemisférios do cérebro concentram energia de diferentes maneiras. O hemisfério esquerdo concentra impulsos elétricos com carga negativa, e o hemisfério direito – os com carga positiva.

A diferença de potencial resulta em um aumento múltiplo da energia elétrica entrante de ondas de baixa frequência. Mas há também uma corrente de alta frequência, que é percebida pelo nosso cérebro e corpo como um todo do ambiente. Esta energia sutil de alta frequência é utilizada pelo nosso sistema nervoso para fornecer todas as funções fisiológicas e psicológicas.

A ciência já provou que nenhum homem ou qualquer outro ser vivo pode sobreviver sem a energia sutil. Ao mesmo tempo, nosso cérebro também pode produzir esse tipo de energia. Isso acontece durante o processo de pensar porque, como resultado da atividade mental, eletricidade densa é convertida em sutil.

A energia sutil tem sido conhecida pelo homem há muito tempo.

Psicólogos chamam isso de energia mental ou espiritual, a física – a energia do vácuo físico.

Os cientistas descobriram uma partícula elementar desta energia – o psychon, um análogo do elétron na energia densa.

Estudos psicofísicos têm mostrado que o pensamento é primariamente um processo de produzir a eletricidade sutil com certas características da informação. Assim, alguns psíquicos podem ver formas de pensamento como campo elétrico sutil em cores diferentes.

A psicologia ainda não pode descrever detalhadamente essa característica de nossas formas de pensamento. Mas realizações experimentais no campo da física quântica provam a própria possibilidade da existência de formas de pensamento como energia simultâneas em diferentes continuidades espaço-temporais.

Está provado que o quantum pode existir em lugares diferentes ao mesmo tempo!

*A astrofísica confirma esta possibilidade com a descoberta de que a luz de estrelas distantes chegam do passado, do presente e do futuro simultaneamente.

Assim, se uma pessoa está experimentando o Déjà vu pode ser o resultado da informação trazida por suas formas de pensamento intensas do passado ou do futuro.

Nós temos uma possibilidade maravilhosa e misteriosa à primeira vista de obter informações de diferentes continuidades espaço-temporais conectadas conosco através de nossas formas pensamento.

Formas pensamento muito fortes e mantidas são criadas sob a influência de intensas emoções e motivações. Portanto, pessoas muito emocionais como comportamento dominante são mais propensas a experimentar o Déjà vu.

Déjà vu não é um distúrbio mental e não há necessidade de se preocupar se você está experimentando.

Tente obter a satisfação emocional deste fenômeno e o medo desaparecerá imediatamente. Novos estudos sobre o fenômeno ajudarão a controlá-lo conscientemente e usá-lo para explorar as habilidades psíquicas humanas.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
http://www.learning-mind.com/could-deja-vu-be-a-way-to-obtain-information-from-other-dimensions
Tradução Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br
Grata Vilma!

LUZ!
STELA

Exibições: 144

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

© 2017   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço