GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Gilberto T. Da Gama curtiu a postagem no blog Os Anunnakis: presente, passado e futuro de Edilza
15 horas atrás
Posts no blog por Edilza

Risco de ataque de meteoros é reavaliado por astrônomos, enquanto a Força Aérea dos EUA testa nova “barreira espacial”

Risco de ataque de meteoros é reavaliado por astrônomos, enquanto a Força Aérea dos EUA testa nova “barreira espacial”Por  em 25 maio, 2019 …Ver mais...
ontem
Tiago curtiu a postagem no blog Os Anunnakis: presente, passado e futuro de Edilza
sexta-feira
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog Os Anunnakis: presente, passado e futuro de Edilza
sexta-feira
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog Os Anunnakis: presente, passado e futuro de Edilza
sexta-feira
Tiago curtiu a postagem no blog Os Anunnakis: presente, passado e futuro de Edilza
sexta-feira
sandra pereira curtiram o evento OSHO de Lenita dos Santos Andrade
sexta-feira
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog Os Anunnakis: presente, passado e futuro de Edilza
sexta-feira
Edson Luiz Pocahi e Anliben Yayoi agora são amigos
sexta-feira
MARGARIDA MARIA MADRUGA deixou um comentário para Márcia Fonseca
"SEJA BEM VINDA MÁRCIA - BÊNÇÃOS!"
quinta-feira
Armelinda Moreira curtiu a postagem no blog Mensagens de Sergio Mello 67 de Edson Luiz Pocahi
quinta-feira
Armelinda Moreira curtiu a postagem no blog PERGUNTAS A GABRIEL RL E HIERARQUIAS DA LUZ: SERES DÉVICOS de Edilza
quinta-feira

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

GATOS NEUTRALIZAM ENERGIAS NEGATIVAS OU AS COLOCAM EM MOVIMENTO… SAIBA MAIS:

A primeira descoberta foi que os gatos dormem muito porque precisam repor as energias que perdem enquanto fazem a limpeza do ambiente. Isso não é uma novidade, porque já no antigo Egito eles eram e ainda são considerados animais sagrados, porque simbolizam exatamente isso: a limpeza, a higiene, tanto do ambiente como a deles mesmo.

Preste atenção onde seu bichano gosta de dormir, normalmente eles procuram locais onde existe alguma energia parada, essa energia não é necessariamente negativa, mas também não é boa tê-la sem utilidade. Assim, o gato é na verdade, uma espécie de filtro, enquanto dormem transformam a energia ou a colocam em movimento.

Gatos gostam de dormir em locais de vertente subterrânea de água, falhas geológicas, radiações telúricas. Comprovado pela Geobiologia e pela Radiestesia, estes locais afetam a saúde das pessoas, provocando doenças e depressão entre outras. Assim o gato pode ser uma forma de nos prevenir destes pontos. Repare se seu gato gosta de dormir na sua cama, por exemplo.

Outra lenda ligada aos gatos é o fato de possuírem sete vidas. Esta questão está associada ao seu campo vibratório perfeito, ou seja, o gato é o animal que mais neutraliza o negativo, se colocarmos numa escala, neutralizaria 100%, daí a questão das sete vidas.

O Gato também é o único animal que, como o ser humano, tem sete camadas da aura e mais do que isso, são duplas. Isso faz com que ele tenha oito sentidos, três a mais do que o normal, que são cinco. Isso é percebido pela sua independência e, podemos dizer sua terceira visão.

Quem nunca prestou a atenção em um gato acompanhando o olhar para algo que não conseguimos ver? É comum os gatos perceberem outras presenças nos ambientes.

Além disso, é o único animal da Terra que emite um som vibratório, o “ronronar” quando está em harmonia. Neste momento ele está sintonizando seu campo com o da pessoa ou neutralizando seu próprio campo negativo, por isso é aconselhável pegar um gato no colo pelo menos uma vez ao dia.

Fonte: www.cienciasparalelas.com.br. www.gatil-almadegato.com.br

Eis 11 razões pelas quais deveríamos apreciar a presença dos gatinhos em nossas vidas.

Eles fazem bem para o coração.

 

Segundo um estudo de 2008 de pesquisadores da Universidade de Minnesota, donos de gatos têm menor probabilidade de morrer de ataque do coração. Monitorando quase 4 500 pessoas (três de cada cinco participantes tinham gato) durante dez anos, os pesquisadores determinaram que os donos de gato tinham 30% menos chances de morrer de ataque do coração em comparação com quem não tinha gatos. Uma continuação do estudo, em 2009 mostrou que ter um gato estava associado a menor risco de morte por doenças cardiovasculares, incluindo derrames.

Eles praticamente inventaram o cochilo

 

Os gatos não só dão valor ao sono como são uma graça quando estão dormindo! Estudos mostram que uma soneca no meio do dia faz maravilhas para o estado de alerta,a memória a criatividade, a produtividade e o humor em geral. Então, se você não quer cochilar sozinho, agarre seu gatinho e tire um descanso de 20 minutos hoje.

Eles não se abalam com os fracassos.

Gatos podem cair quantas vezes for necessário, mas se levantam e tentam de novo.

Eles têm um espírito resiliente e provavelmente sabem melhor que nós que cometer um ou outro erro não significa que sejamos incapazes de alcançar o sucesso que almejamos no longo prazo. Não é à toa que eles têm sete vidas.

O ronronar acalma os nervos

 

Estudos mostram que o ronronar dos gatos ajuda a baixar o estresse e a pressão arterial dos donos. Além disso, os gatos ronronam em vibrações que vão de 20 a 140 hertz, uma frequência que ajudaria na cura de várias doenças, segundo a Scientific American. Como se você precisasse de mais motivos para fazer carinho atrás da orelha do seu gatinho!

Eles vivem no presente

 

“Vivi com vários mestres zen – todos eles gatos.” – Eckhart Tolle

Eles levam vidas muito menos estressadas que seus amigos humanos, é verdade, mas isso não diminui o crédito que eles merecem por ficar completamente parados, às vezes por horas, apreciando o momento presente. Do beiral da janeira ou do alto de uma estante, eles assistem a vida acontecer, tranquilos e serenos. Nós também podemos aproveitar os benefícios da meditação, caso sigamos o exemplo dos gatos.

Eles te matam de rir

Qualquer dono de gato vai te dizer que eles são uma graça – e muito engraçados. É impossível não rir (às vezes à custa dele) e depois tirar proveito desses acessos de riso.

No ano passado, pesquisadores da Universidade Loma Linda, na Califórnia, descobriram que assistir a 20 minutos de vídeos engraçados reduziu substancialmente os níveis de cortisol e melhorou a memória de curto prazo dos participantes da pesquisa.

Outras pesquisas associam as gargalhadas a um coração e um sistema imunológico mais fortes.

Eles nos ensinam a pensar estrategicamente.

 

”Se os animais falassem, o cachorro seria um cara falastrão; mas o gato teria a graça de nunca dizer uma palavra mais que o necessário.” – Mark Twain

Diferentemente dos cães, que não perdem uma oportunidade de correr para a porta, perseguir uma bola de tênis ou devorar qualquer comida que vejam pela frente, os gatos tendem a ser mais seletivos.

Eles observam com cuidado, pensam e refletem à distância antes de decidir se um determinado evento realmente merece sua atenção. Eles são ainda mais cuidadosos quando escalam móveis — e escolhem o melhor caminho para descer lá do alto.

Eles são pensativos, estratégicos e deliberados – todas características que seus donos apreciam e esperam emular em suas vidas.

Eles podem ajudar os autistas a se comunicar

 

Crianças e adultos autistas às vezes têm dificuldades para se comunicar com o mundo à sua volta. Mas a terapia com animais de estimação tem-se provado uma ferramenta útil.

Muitos autistas sentem uma conexão mais forte com animais que com outras pessoas. Um estudo francês de 2012 observou 40 crianças autistas e seus bichos e descobriu que elas ficavam mais calmas e socializavam com mais facilidade do que aquelas que não tinham animais de estimação em casa.

Eles associaram esse comportamento a uma produção maior do hormônio oxitocina. Esse hormônio, cuja produção pode ser disparada pelo ato de fazer carinho nos bichos, aumenta as sensações de confiança e amor.

Iris Grace Halmshaw, a menina de 5 anos da foto acima, foi diagnosticada com autismo em 2011. Sua gata Thula a ajudou a ter confiança suficiente para falar com os outros, além, de servir de inspiração para pintar – outro componente da terapia.

Eles te ajudam no combate à depressão

 

Acariciar um gato no seu colo não ajuda somente a aliviar o estresse. Essa companhia também melhora o humor e funciona como uma distração positiva para quem luta contra a depressão.

Além de companhia, os bichanos ajudam a estabelecer rotina, responsabilidade e atividade social em dias que talvez não contassem com esses componentes.

Todos os animais de estimação podem ajudar no combate à depressão, mas os gatos são especialmente calmos e pacíficos.

Essas características podem ser contagiosas, o que é importante para os donos que sofrem de doenças mentais.

Eles sabem que não há problema em perder o controle de vez em quando


“Um gato tem honestidade emocional absoluta: seres humanos, por uma ou outra razão, podem esconder os sentimentos, mas os gatos, não.” – Ernest Hemingway

Os gatos são conhecidos por seus comportamento calmo e reservado, mas não têm medo de perder o controle – físico e emocional – quando lhes dá na telha. E esse tipo de expressão também pode ajudar seus donos.

Um estudo de 2012 da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard descobriu que reprimir emoções negativas pode ser tóxico para o corpo, aumentando o risco de morte por doenças cardíacas e alguns tipos de câncer.

Psicólogos também descobriram que emoções negativas como tristeza, ansiedade, raiva e culpa podem ser positivas se a pessoa se permitir vivenciar completamente o que estiver sentindo.

Eles destroem sensações de solidão com seu amor incondicional

 

“Não existe presente maior que o amor de um gato.”— Charles Dickens

Até mesmo os Centros de Prevenção e Controle de Doenças reconhecem que um dos grandes benefícios dos bichos de estimação é sua capacidade de aliviar nossa solidão.

Eles costumam ser os melhores ouvintes que podemos querer no fim de um dia cansativo. A cara que eles fazem quando chegamos em casa nos lembra que sempre tem alguém feliz de nos ver.

Segundo pesquisadores da Universidades de Miami e da Universidade de Saint Louis, animais de estimação satisfazem as necessidades sociais dos seus donos tão bem quanto outros humanos.

Via: Brasilpost

Exibições: 1204

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

Comentário de SABRINA em 8 junho 2015 às 21:00
Comentário de SABRINA em 8 junho 2015 às 20:59

estou abrindo uma franquia natura virtual , ainda não esta funcionando mais aqui esta o endereço dela

Andreia Jacob
Consultora Virtual Natura
F. (11) 98314-5378
rede.natura.net/espaco/sintaseemcasa (breve)
 
Comentário de SABRINA em 8 junho 2015 às 20:57

o único macho que fico de joelhos kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Comentário de SABRINA em 8 junho 2015 às 20:56

e meu FILHO

Comentário de Elisabete Vicente em 8 junho 2015 às 0:16

gostei das informações, ja gostava de gatos agora mais ainda, boa noite a todos

Comentário de FRANCISCO CARLOS B HOLANDA em 11 maio 2015 às 17:13

Òtima postagem, interessante sobre os felinos, sabia já  de seus  benefícios para a convivência humana, mas a gora com mais profundidade, já possui um e foi uma excelente experiencia!

Comentário de Ariony Sibilly Naiara em 2 maio 2015 às 2:11

Gatos têm o olhar e as sensações aguçadas!!!

Comentário de MARILENA ROQUE em 1 maio 2015 às 13:19

P3, pode crer que o Maxwell é meu amigão. Mas eu ia adorar conhecer o seu. Poste aqui uma foto dele. Você está bem de amigo! São lindos né amiga! Abraços. 

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 1 maio 2015 às 0:45

Excelente.

Comentário de gisele savio vieira em 30 abril 2015 às 20:41

Desde que ganhei meu primeiro gato a uns 20 anos atrás , nunca mais fiquei sem ter gatos!! Atualmente tenho 3, gosto demais . Eles são mesmo tudo o que diz a ótima matéria postada pelo amigo Mideli Gracia!!! Agradecemos Mideli

© 2019   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço