GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Posts no blog por Edilza
22 horas atrás
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog “30 frases do filme “A Cabana” que te impressionarão pela profunda sabedoria" de Edilza
ontem
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog “30 frases do filme “A Cabana” que te impressionarão pela profunda sabedoria" de Edilza
ontem
Edson Luiz Pocahi compartilhou o post do blog de Edilza em Facebook
quarta-feira
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog “30 frases do filme “A Cabana” que te impressionarão pela profunda sabedoria" de Edilza
quarta-feira
Posts no blog por Edilza

“30 frases do filme “A Cabana” que te impressionarão pela profunda sabedoria"

CURA QUÂNTICA“30 frases do filme “A Cabana” que te impressionarão pela profunda sabedoria"Às vezes a…Ver mais...
segunda-feira
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog MERCÚRIO RETRÓGRADO de Edilza
sábado
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog OS SERES DO RAIO AZUL E DO RAIO VIOLETA E SUA MISSÃO de Edilza
sábado
Posts no blog por Edilza
sábado
fatima maria cerqueira curtiram o evento OSHO de Lenita dos Santos Andrade
21 Fev
fatima maria cerqueira curtiram o evento Astrologia de Marcelo Cintra
21 Fev
fatima maria cerqueira curtiram o evento CIVILIZAÇÕES ANTIGAS de Francesco Andrade
21 Fev

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

LIVRO ABERTO...

 

 

Minha vida é um livro ora aberto ora fechado,

Mas que nem todos podem lê-lo,

Só os que me têm achado

Junto com suas próprias vidas em interface

Com nossas estradas...

 

Nem todos têm acesso ao nosso Livro da Vida.

Mas as instâncias Superiores da Grande Hierarquia Espiritual,

Governantes de nossa galáxia e sistemas,

Os elevadíssimos Seres, os Senhores do Karma,

E muitos outros Seres de Luz,

Eles têm pleno acesso a cada fato, cada pensamento, cada sentimento, cada ação, cada causa-efeito, cada interação, cada união-comunhão...

E sua respectiva intenção

Que do fundo de nossa alma

Ou de nossa intuição

Para frente e para cima nos move...

 

 

 Mas não precisamos ir tão longe logo agora, para saber

Que o homem, mulher, íntegro(a) nada tem a esconder

De suas vidas públicas. Mas suas vidas particulares,

O que se passa em seus sagrados lares,

No esconderijo de seus corações,

No albergue de suas memórias,

Só a Deus e ele pertence,

Só à família apetece,

Só com amor pode e tece

O fazer, de cada acontecer.

 

Vidas em prece, vidas em serviço, vidas de superior meta, vidas espraiadas no sublime desejo de ao outro servir...!

Vidas do ontem, do presente e do porvir

São vidas que às nossas se entrelaçam

Seja em sorrisos ou lágrimas, suor ou leveza...

Mas sempre aspirando à grandiosa nobreza

À rítmica e melodiosa etérea beleza

De servir à Luz, servir incondicionalmente à humanidade servindo àquele (a) mais próximo (a)...

E assim servir a Deus.

 

Porque o que move nosso espírito

Nossa motivação para pensar, sentir e agir,

São sagrados objetivos ocultos...

São íntimos e profundos impulsos da essência sublime de nossa Alma

Que clama por experiências e aprendizados evolutivos.

São pois, de nosso Eu, Seus interiores individuais e coletivos motivos

Mas que quase ninguém pode perceber...

Mesmo na angústia, ou no prazer.

 

 

Aqui se configura do homem/mulher a solidão básica

Que é estar sempre centrado

E com felicidade sempre focado

Na solitude do Eu Superior – Eterno, todo Único, todo Só, todo Acompanhado... todo Verdade, todo Superior Amor,

Bailando sincrônico e onipresente em infindas órbitas estelares, Atômicas, fotônicas, solares ...

- quânticas ondas e partículas simultâneas – visto apenas por nossa Supraconsciência dentro da Visão Maior da Unicidade

Oni-Maravilhosa do que É para nós ainda Mistérios nos Ministérios da Organização Global do Todo... no tudo e no nada de nossa ainda limitada compreensão humana que, no entanto, abriga em nós o entendimento divino, o pulsar cósmico do iluminado Coração Divino...

 

Mas, se conhece a árvore por seus frutos.

E o comportamento espelha o que se vai na alma...

E Deus tudo vê... no mais íntimo e secreto recôndito de nós mesmos...

E Ele sabe quando estamos circulares, perdidos e a esmo...

E quando também temos um elevado foco nas nossas atitudes...

E que assim por Sua indizível oni-misericórdia podemos caminhar na imperturbável Paz

Seja em tempestades ou bonanças,

Com a pureza do sentir das crianças

Na sapiente, na toda-coerente, na inevitável

Maturidade vivencial e espiritual

Em especiais capítulos de nosso Livro, agora aberto,

Dantes enclausurado, encadeados numa masmorra pequena

De um eguinho também tão pequeno,

E que de ora em diante, segurando-o, superando-o

Seguiremos mais leves

Nas nossas rotas evolutivas-existenciais.

 

O Ser sábio faz de sua vida em cada instante,

Um movimento valioso, sempre válido

E mesmo nos escaninhos do tempo e na imensidão dos espaços

Não se detém com a saudade que de seu bondoso coração aflora

Porque se coloca imerso em cada segundo do agora,

Transmuta em amor sua dor imediatamente regando o mundo... neste tão premente momento em que o planeta – e todos nós – estamos a atravessar.

 

Para a indiferença, o despeito, o ódio, o penar

Só o elixir de um amorável coração pode neutralizar

Forças - que estão perdendo intensidade - de involução...

Da propositada escuridão que intenta disseminar a desestabilização

E fomentar guerras, separação, dor, entre pessoas e povos irmãos não conseguem resistir à Consciência do Amor, da Luz que todos mundialmente emanam,

E nossa resposta é o doar de compreensão...

Do amor a nobreza da elevação,

Da não-retaliação

Impulsiva na mesma moeda...

Não nos deixar sair de nós mesmos...

Nos encaminhar e nos redirecionar

Sempre, sempre para maiores dimensões do amar...

Para de nossos capítulos do Livro da Vida escrever,

Rever, repensar, reaver, recalibrar, refazer, reconstruir, restabelecer, reafirmar, resiliencisar... reestruturar, recomendar nosso sagrado compromisso de servir, de doar, de crescente e poderosamente amar...

 

E como um ser autêntico nada tem a esconder,

Porque nada tem a envergonhar-se, e o padecer

Não o abate mais, porquanto disposto está

A sempre recomeçar

E o prazer, a vaidade, o apego e o transitório não o acorrenta mais,

Porque as águas que já fluíram embaixo da ponte

Do devir de sua existência,

O abençoado passado,

Não tem agora mais força, mas tem ciência!

Porque só restou o seu meritório

Inconsciente ou desejado aprendizado

Como quiçá faróis sequenciados de consciência

E esperanças para alicerçar seu futuro, de ‘caso pensado’ ...

Como moto anímica, destino recondicionado

Pelo seu poder de escolha a cada instante.

 

Vivendo inteiro no amor das horas,

E sem mais evasivas, delongas ou demoras,

Se põe a trabalhar no seu próprio autoconhecer,

No seu novo ascensional espiralado lindo amanhecer

Via instrumentos do servir,

Via instrumentos do saber,

Via instrumentos do próprio sofrer,

Procurando ser útil em cada passo,

Compreendendo seu irmão de jornada,

E sabendo que todos nós passamos pelas mesmas experiências evolucionárias.

Portanto, o amor, a calma, a serenidade, a imperturbabilidade, a segurança, a sabedoria, a humildade, a honestidade conosco mesmos, a inofensibilidade

Com tudo e com todos, na fiel e imprescindível tolerância,

De nossos aconteceres na vivencial balança

São Inscritos no Livro Aberto da Vida-Constância

Que agora deixamos folhear,

Demandar estudar

Porque nosso Livro da Vida é um akáschico registro inserto nos novos filamentos de renovado DNA,

E como tal agora nós próprios,

Podemos a qualquer momento facilmente acessar.

 

Agora vamos paulatinamente nos escrevendo

E santamente nos inscrevendo

No Livro de nossa vida com letras de ouro...

Porque, gradativamente, mas por fim,

Aprendemos a valorizar mais e mais

O inestimável tesouro

Do que é duradouro...

E que nem as fronteiras da morte nos podem subtrair!

 

Aprendemos - ao nosso irmão, aos animais, aos vegetais e minerais, ao planeta-vivo em que visitamos-estagiamos transitoriamente - ... ...:

 

À sentir,

À servir,

À ouvir...

 

Deixar-nos confiantes e levemente fluir...

Permitir-nos a sincronia com o divino que em nós faz morada!

 

E hoje, como namorado, namorada das estrelas,

Aprendemos a consultar do infinito estelar toda a sabedoria que o Universo nos disponibiliza sempre, a nós doando a todo momento

O néctar do espírito que precisamos para continuar crescendo

Com a gratidão da felicidade, e a felicidade da gratidão, vamos assim diariamente escrevendo

 O Livro de nossa vida

Com a grafia do amor total, incondicional, imortal...

 

E assim, portanto, a vida finalmente se tornou um Livro Aberto, mais transparente e translúcido, prenhe de muitos sonhos e sentidos... aninhados ao Sentido Maior que é Deus em cada um de nós...!

O nosso Livro hoje em luminoso leque se desabrocha

Nas páginas em que a sintonia de cada ser necessita.

Nas páginas do aprendizado, do consolo, do melhor lenitivo,

Agora em nós sempre solidário, sempre tempestivo,

Sempre positivo...!

Agora sem mais tantas expectativas, porém com a consciente

Meta-esperança.

E como cósmico dançarino no ritmo de tão bela e estelar dança

Infiltra-se em nós a sabedoria contida

Nos palcos dos dias,

No arco-íris de nossos interiores e exteriores

Espaços... onde um escaninho para a dor todos precisamos reservar,

A dor que a perda ou a solidão nos impõe passar – e ultrapassar.

 

Mas, no fundo, sempre atentos

A escrever o assento-fundamento

De nossas realidades donde o viver se deduz

Dos amoráveis caminhos trilhados e a trilhar

No mais singelo e puro amor,

Na mais verdadeira e consciencial Luz.

De quem se ama, perdoa e se perdoa, ama eternamente a Deus!

 

E assim será sempre feliz, decerto

E, suas novas páginas experienciais de si pulsam tão mais perto

Conduzindo-nos a novas temáticas das disciplinas do Caminho,

Resgatando da síntese ancestral o eônico pergaminho

De perdidas memórias...

Que tinham sido anotadas de vidas e vidas todas nossas histórias...

 

Porque agora...:

Ao mundo e à própria Vida oferece

A riqueza de seu viver-em-prece,

De sua hoje rica vida

Para sempre querida

Ainda no seu livre-arbítrio

E Deus no seu longe e no seu simultâneo perto,

Nos faz confiar no êxito feliz, final de capítulo vital-nirvânico

Em nova preparação-transição para novo compêndio escrever

Reviver, reposicionar-se perante a Grande Escalada,

Viver-aprender-conhecer-ver-e-ser-tecer vivencial novas matérias,

A mestria alcançar

Assim como está previsto

Para todos os livros-vivos da humanidade-biblioteca-viva

Poder divino, Amor-Sabedoria, co-criação-criatividade

Em nosso superior Ser estrelejar, docemente manifestar!

 

Já basta de andar à deriva!

Agora é sempre a hora de ao Pai-Mãe oferecer

Tudo o que podíamos, podemos e poderemos fazer

Endereçando para a Suprema Fonte,

Nosso mais belo-recente

E atraente-contente

Celestial-horizonte,

Nosso interior de Luz

Nosso interior descoberto

Para a tudo e todos iluminar

Com nosso Livro Aberto...

 

Ivanildo Falcão da Gama

 

 

emamoreluz@gmail.com

www.supraconsciencia.blogspot.com

25.11.2015

 

 

LIVRO ABERTO...

 

 

Minha vida é um livro ora aberto ora fechado,

Mas que nem todos podem lê-lo,

Só os que me têm achado

Junto com suas próprias vidas em interface

Com nossas estradas...

 

Nem todos têm acesso ao nosso Livro da Vida.

Mas as instâncias Superiores da Grande Hierarquia Espiritual,

Governantes de nossa galáxia e sistemas,

Os elevadíssimos Seres, os Senhores do Karma,

E muitos outros Seres de Luz,

Eles têm pleno acesso a cada fato, cada pensamento, cada sentimento, cada ação, cada causa-efeito, cada interação, cada união-comunhão...

E sua respectiva intenção

Que do fundo de nossa alma

Ou de nossa intuição

Para frente e para cima nos move...

 

 

 Mas não precisamos ir tão longe logo agora, para saber

Que o homem, mulher, íntegro(a) nada tem a esconder

De suas vidas públicas. Mas suas vidas particulares,

O que se passa em seus sagrados lares,

No esconderijo de seus corações,

No albergue de suas memórias,

Só a Deus e ele pertence,

Só à família apetece,

Só com amor pode e tece

O fazer, de cada acontecer.

 

Vidas em prece, vidas em serviço, vidas de superior meta, vidas espraiadas no sublime desejo de ao outro servir...!

Vidas do ontem, do presente e do porvir

São vidas que às nossas se entrelaçam

Seja em sorrisos ou lágrimas, suor ou leveza...

Mas sempre aspirando à grandiosa nobreza

À rítmica e melodiosa etérea beleza

De servir à Luz, servir incondicionalmente à humanidade servindo àquele (a) mais próximo (a)...

E assim servir a Deus.

 

Porque o que move nosso espírito

Nossa motivação para pensar, sentir e agir,

São sagrados objetivos ocultos...

São íntimos e profundos impulsos da essência sublime de nossa Alma

Que clama por experiências e aprendizados evolutivos.

São pois, de nosso Eu, Seus interiores individuais e coletivos motivos

Mas que quase ninguém pode perceber...

Mesmo na angústia, ou no prazer.

 

 

Aqui se configura do homem/mulher a solidão básica

Que é estar sempre centrado

E com felicidade sempre focado

Na solitude do Eu Superior – Eterno, todo Único, todo Só, todo Acompanhado... todo Verdade, todo Superior Amor,

Bailando sincrônico e onipresente em infindas órbitas estelares, Atômicas, fotônicas, solares ...

- quânticas ondas e partículas simultâneas – visto apenas por nossa Supraconsciência dentro da Visão Maior da Unicidade

Oni-Maravilhosa do que É para nós ainda Mistérios nos Ministérios da Organização Global do Todo... no tudo e no nada de nossa ainda limitada compreensão humana que, no entanto, abriga em nós o entendimento divino, o pulsar cósmico do iluminado Coração Divino...

 

Mas, se conhece a árvore por seus frutos.

E o comportamento espelha o que se vai na alma...

E Deus tudo vê... no mais íntimo e secreto recôndito de nós mesmos...

E Ele sabe quando estamos circulares, perdidos e a esmo...

E quando também temos um elevado foco nas nossas atitudes...

E que assim por Sua indizível oni-misericórdia podemos caminhar na imperturbável Paz

Seja em tempestades ou bonanças,

Com a pureza do sentir das crianças

Na sapiente, na toda-coerente, na inevitável

Maturidade vivencial e espiritual

Em especiais capítulos de nosso Livro, agora aberto,

Dantes enclausurado, encadeados numa masmorra pequena

De um eguinho também tão pequeno,

E que de ora em diante, segurando-o, superando-o

Seguiremos mais leves

Nas nossas rotas evolutivas-existenciais.

 

O Ser sábio faz de sua vida em cada instante,

Um movimento valioso, sempre válido

E mesmo nos escaninhos do tempo e na imensidão dos espaços

Não se detém com a saudade que de seu bondoso coração aflora

Porque se coloca imerso em cada segundo do agora,

Transmuta em amor sua dor imediatamente regando o mundo... neste tão premente momento em que o planeta – e todos nós – estamos a atravessar.

 

Para a indiferença, o despeito, o ódio, o penar

Só o elixir de um amorável coração pode neutralizar

Forças - que estão perdendo intensidade - de involução...

Da propositada escuridão que intenta disseminar a desestabilização

E fomentar guerras, separação, dor, entre pessoas e povos irmãos não conseguem resistir à Consciência do Amor, da Luz que todos mundialmente emanam,

E nossa resposta é o doar de compreensão...

Do amor a nobreza da elevação,

Da não-retaliação

Impulsiva na mesma moeda...

Não nos deixar sair de nós mesmos...

Nos encaminhar e nos redirecionar

Sempre, sempre para maiores dimensões do amar...

Para de nossos capítulos do Livro da Vida escrever,

Rever, repensar, reaver, recalibrar, refazer, reconstruir, restabelecer, reafirmar, resiliencisar... reestruturar, recomendar nosso sagrado compromisso de servir, de doar, de crescente e poderosamente amar...

 

E como um ser autêntico nada tem a esconder,

Porque nada tem a envergonhar-se, e o padecer

Não o abate mais, porquanto disposto está

A sempre recomeçar

E o prazer, a vaidade, o apego e o transitório não o acorrenta mais,

Porque as águas que já fluíram embaixo da ponte

Do devir de sua existência,

O abençoado passado,

Não tem agora mais força, mas tem ciência!

Porque só restou o seu meritório

Inconsciente ou desejado aprendizado

Como quiçá faróis sequenciados de consciência

E esperanças para alicerçar seu futuro, de ‘caso pensado’ ...

Como moto anímica, destino recondicionado

Pelo seu poder de escolha a cada instante.

 

Vivendo inteiro no amor das horas,

E sem mais evasivas, delongas ou demoras,

Se põe a trabalhar no seu próprio autoconhecer,

No seu novo ascensional espiralado lindo amanhecer

Via instrumentos do servir,

Via instrumentos do saber,

Via instrumentos do próprio sofrer,

Procurando ser útil em cada passo,

Compreendendo seu irmão de jornada,

E sabendo que todos nós passamos pelas mesmas experiências evolucionárias.

Portanto, o amor, a calma, a serenidade, a imperturbabilidade, a segurança, a sabedoria, a humildade, a honestidade conosco mesmos, a inofensibilidade

Com tudo e com todos, na fiel e imprescindível tolerância,

De nossos aconteceres na vivencial balança

São Inscritos no Livro Aberto da Vida-Constância

Que agora deixamos folhear,

Demandar estudar

Porque nosso Livro da Vida é um akáschico registro inserto nos novos filamentos de renovado DNA,

E como tal agora nós próprios,

Podemos a qualquer momento facilmente acessar.

 

Agora vamos paulatinamente nos escrevendo

E santamente nos inscrevendo

No Livro de nossa vida com letras de ouro...

Porque, gradativamente, mas por fim,

Aprendemos a valorizar mais e mais

O inestimável tesouro

Do que é duradouro...

E que nem as fronteiras da morte nos podem subtrair!

 

Aprendemos - ao nosso irmão, aos animais, aos vegetais e minerais, ao planeta-vivo em que visitamos-estagiamos transitoriamente - ... ...:

 

À sentir,

À servir,

À ouvir...

 

Deixar-nos confiantes e levemente fluir...

Permitir-nos a sincronia com o divino que em nós faz morada!

 

E hoje, como namorado, namorada das estrelas,

Aprendemos a consultar do infinito estelar toda a sabedoria que o Universo nos disponibiliza sempre, a nós doando a todo momento

O néctar do espírito que precisamos para continuar crescendo

Com a gratidão da felicidade, e a felicidade da gratidão, vamos assim diariamente escrevendo

 O Livro de nossa vida

Com a grafia do amor total, incondicional, imortal...

 

E assim, portanto, a vida finalmente se tornou um Livro Aberto, mais transparente e translúcido, prenhe de muitos sonhos e sentidos... aninhados ao Sentido Maior que é Deus em cada um de nós...!

O nosso Livro hoje em luminoso leque se desabrocha

Nas páginas em que a sintonia de cada ser necessita.

Nas páginas do aprendizado, do consolo, do melhor lenitivo,

Agora em nós sempre solidário, sempre tempestivo,

Sempre positivo...!

Agora sem mais tantas expectativas, porém com a consciente

Meta-esperança.

E como cósmico dançarino no ritmo de tão bela e estelar dança

Infiltra-se em nós a sabedoria contida

Nos palcos dos dias,

No arco-íris de nossos interiores e exteriores

Espaços... onde um escaninho para a dor todos precisamos reservar,

A dor que a perda ou a solidão nos impõe passar – e ultrapassar.

 

Mas, no fundo, sempre atentos

A escrever o assento-fundamento

De nossas realidades donde o viver se deduz

Dos amoráveis caminhos trilhados e a trilhar

No mais singelo e puro amor,

Na mais verdadeira e consciencial Luz.

De quem se ama, perdoa e se perdoa, ama eternamente a Deus!

 

E assim será sempre feliz, decerto

E, suas novas páginas experienciais de si pulsam tão mais perto

Conduzindo-nos a novas temáticas das disciplinas do Caminho,

Resgatando da síntese ancestral o eônico pergaminho

De perdidas memórias...

Que tinham sido anotadas de vidas e vidas todas nossas histórias...

 

Porque agora...:

Ao mundo e à própria Vida oferece

A riqueza de seu viver-em-prece,

De sua hoje rica vida

Para sempre querida

Ainda no seu livre-arbítrio

E Deus no seu longe e no seu simultâneo perto,

Nos faz confiar no êxito feliz, final de capítulo vital-nirvânico

Em nova preparação-transição para novo compêndio escrever

Reviver, reposicionar-se perante a Grande Escalada,

Viver-aprender-conhecer-ver-e-ser-tecer vivencial novas matérias,

A mestria alcançar

Assim como está previsto

Para todos os livros-vivos da humanidade-biblioteca-viva

Poder divino, Amor-Sabedoria, co-criação-criatividade

Em nosso superior Ser estrelejar, docemente manifestar!

 

Já basta de andar à deriva!

Agora é sempre a hora de ao Pai-Mãe oferecer

Tudo o que podíamos, podemos e poderemos fazer

Endereçando para a Suprema Fonte,

Nosso mais belo-recente

E atraente-contente

Celestial-horizonte,

Nosso interior de Luz

Nosso interior descoberto

Para a tudo e todos iluminar

Com nosso Livro Aberto...

 

Ivanildo Falcão da Gama

 

 

emamoreluz@gmail.com

www.supraconsciencia.blogspot.com

25.11.2015

 

 

 

“QUE TODOS OS SERES, DE TODOS OS MUNDOS,

SEJAM FELIZES E BEM-AVENTURADOS!”

LOKAH SAMASTA SUKINO BHAVANTU

 

“A substância da vida é visível para aqueles que a buscam em profundidade.”

Grupo X-7

 

 

“A perseverança no Caminho nasce da sintonia com a vontade espiritual.”

Trigueirinho

 

 

“Um discípulo de hoje não busca conhecer um mestre, mas encontrá-lo dentro de si.

Frei Luciano

 

 

“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas que já tem a forma de nosso corpo e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado para sempre à margem de nós mesmos.”

Fernando Pessoa

 

 

 

 

“QUE TODOS OS SERES, DE TODOS OS MUNDOS,

SEJAM FELIZES E BEM-AVENTURADOS!”

LOKAH SAMASTA SUKINO BHAVANTU

 

“A substância da vida é visível para aqueles que a buscam em profundidade.”

Grupo X-7

 

 

“A perseverança no Caminho nasce da sintonia com a vontade espiritual.”

Trigueirinho

 

 

“Um discípulo de hoje não busca conhecer um mestre, mas encontrá-lo dentro de si.

Frei Luciano

 

 

“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas que já tem a forma de nosso corpo e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado para sempre à margem de nós mesmos.”

Fernando Pessoa

 

 

 

Exibições: 81

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

© 2020   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço