GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Edite Spiess Stauffer comentou a postagem no blog Portal 10.10 - TRANSCENDENDO O EGO de Edilza
"Amiga, Adorei a matéria  Essa grande mudança está nos preparando para uma nova vivência e um novo mundo.Ao mesmo tempo que muitos se transformam para o negativo e provavelmente estarão em outras esferas difente…"
3 horas atrás
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog Portal 10.10 - TRANSCENDENDO O EGO de Edilza
18 horas atrás
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog MÉTODO DO RELÓGIO PARA REMOVER ENERGIAS de Edilza
18 horas atrás
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog MÉTODO DO RELÓGIO PARA REMOVER ENERGIAS de Edilza
22 horas atrás
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog Portal 10.10 - TRANSCENDENDO O EGO de Edilza
22 horas atrás
Posts no blog por Edilza

POR QUE O DESPERTAR ESPIRITUAL É TÃO DOLOROSO?

POR QUE O DESPERTAR ESPIRITUAL É TÃO DOLOROSO?POR QUE O DESPERTAR ESPIRITUAL É TÃO DOLOROSO?Por Linda GreenA…Ver mais...
23 horas atrás
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog MÉTODO DO RELÓGIO PARA REMOVER ENERGIAS de Edilza
ontem
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog Portal 10.10 - TRANSCENDENDO O EGO de Edilza
ontem
Posts no blog por Edilza
domingo
Posts no blog por Edilza
sábado
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog O GRANDE DESAFIO DE VIVER UM NOVO MUNDO, NUM VELHO MUNDO de Edilza
sexta-feira
Rejanne Lins de Avilez Fonseca deixou um comentário para MARGARIDA MARIA MADRUGA
"Bom dia, amiga querida ,Margarida! Obrigada pelas imagens lindas que você manda pra mim, ainda não aprendi como mandar pra você.Espero que você e os seus estejam bem ,gozando de plena saúde,amor e prosperidade!Com…"
sexta-feira

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

Em uma cidade interiorana havia um homem que não se irritava e não discutia com ninguém.

Sempre encontrava saída cordial, não feria a ninguém, nem se aborrecia com as pessoas. Morava em modesta pensão, onde era admirado e querido.

Para testá-lo, um dia seus companheiros combinaram levá-lo à irritação e à discussão numa determinada noite em que o levariam a um jantar.

Trataram todos os detalhes com a garçonete que seria a responsável por atender a mesa reservada para a ocasião. Assim que iniciou o jantar, como entrada foi servida uma saborosa sopa, da qual o homem gostava muito.

A garçonete chegou próximo a ele, pela esquerda, e ele, prontamente, levou seu prato para aquele lado, a fim de facilitar a tarefa de servir.

Mas ela serviu todos os demais, e quando chegou a vez dele, foi para outra mesa.

Ele esperou calmamente e em silêncio, que ela voltasse. Quando ela se aproximou outra vez, agora pela direita, para recolher o prato, ele levou outra vez seu prato na direção da jovem, que novamente se distanciou, ignorando-o.

Após servir todos os demais, passou rente a ele, acintosamente, com a sopeira fumegante, exalando saboroso aroma como quem havia concluído a tarefa e retornou à cozinha.

Naquele momento não se ouvia qualquer ruído. Todos o observavam discretamente, para ver sua reação.

Educadamente ele chamou a garçonete, que se voltou, fingindo impaciência e lhe disse: o que o senhor deseja?

Ao que ele respondeu, naturalmente: a senhora não me serviu a sopa.

Novamente ela retrucou, para provocá-lo, desmentindo-o: servi, sim senhor!

Ele olhou para ela, olhou para o prato vazio e limpo e ficou pensativo por alguns segundos...

Todos pensaram que ele iria brigar... Suspense e silêncio total.

Mas o homem surpreendeu a todos, ponderando tranqüilamente: a senhorita serviu sim, mas eu aceito um pouco mais!

Os amigos, frustrados por não conseguir fazê-lo discutir e se irritar com a moça, terminaram o jantar, convencidos de que nada mais faria com que aquele homem perdesse a compostura.

 (Autor Desconhecido)

Exibições: 151

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

© 2019   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço