GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Emanuel Oliveira deixou um comentário para Alexia Ebani
"Alexia, tudo bem? Sou Emanuel. Quero entrar em contato com você. Abraço."
3 horas atrás
Posts no blog por Edilza

A QUEDA DAS ILUSÕES

A QUEDA DAS ILUSÕESA QUEDA DAS ILUSÕESInspiração Diária de Kate Spreckley15 de Janeiro de 2020Nestas primeiras…Ver mais...
13 horas atrás
Grace Reis curtiu a postagem no blog Poderiam os OVNIs nos ajudar a encontrar o significado da vida? de Edilza
21 horas atrás
Grace Reis curtiu a postagem no blog Poderiam os OVNIs nos ajudar a encontrar o significado da vida? de Edilza
21 horas atrás
Posts no blog por Edilza

Enorme radiotelescópio será construído na Paraíba – Brasil

Enorme radiotelescópio será construído na Paraíba – Brasil15/01/2020…Ver mais...
ontem
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog Revelada conexão entre Alfa Draconis e pirâmides egípcias de Edilza
ontem
Tânia curtiu a postagem no blog Revelada conexão entre Alfa Draconis e pirâmides egípcias de Edilza
ontem
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog Revelada conexão entre Alfa Draconis e pirâmides egípcias de Edilza
ontem
MARGARIDA MARIA MADRUGA deixou um comentário para Yago Silva Brandão Couto Dias
"SEJA BEM VINDO Yago!"
quarta-feira
JOAO CARLOS RIBAS RAMOS comentou a postagem no blog Visões dos astrofísicos sobre ETs: “Não temos absolutamente nenhuma ideia do que está lá fora” de Edilza
"Penso q o que mais pesa é o medo da zombaria, porém entendo q a própria educação a q foram submetidos os leva também a um bloqueio mental o q os deixa parcialmente, sem a capacidade q faz uma pessoa ser…"
quarta-feira
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog Visões dos astrofísicos sobre ETs: “Não temos absolutamente nenhuma ideia do que está lá fora” de Edilza
quarta-feira
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog Visões dos astrofísicos sobre ETs: “Não temos absolutamente nenhuma ideia do que está lá fora” de Edilza
quarta-feira

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

O idoso e a ansiedade: condição natural ou consequência da ampliação da qualidade de vida?

 

A ansiedade é frequentemente associada a tensão muscular e vigilância em
preparação para perigo futuro e comportamentos de cautela ou esquiva. Os
transtornos de ansiedade incluem características de medo e ansiedade excessivos
e perturbações comportamentais relacionados.

O idoso de 2018 frequenta festas,
academias, viaja, sustenta a família, tem uma vida sexual mais ativa, cuida da
aparência, enfim, não se limita a esperar e a parar no tempo. Em contrapartida,
aspectos psicológicos que não os afetavam com muita incidência passam a acompanhá-los
por mais tempo, como por exemplo, a ansiedade.

De acordo com o DSM-V (Manual Diagnóstico
e Estatístico de Transtornos Mentais, 2014) os transtornos de ansiedade incluem
características de medo e ansiedade excessivos e perturbações comportamentais
relacionados. O medo seria uma resposta emocional a ameaça iminente real ou
percebida, enquanto que a ansiedade é a antecipação de ameaça futura (p. 189).

 

A ansiedade é frequentemente
associada a tensão muscular e vigilância em preparação para perigo futuro e
comportamentos de cautela ou esquiva. Os indivíduos com transtornos de
ansiedade em geral superestimam o perigo nas situações que temem ou evitam
(DSM-V, p. 190).

Segundo Oliveira, Antunes e Oliveira
(2017) as alterações fisiológicas, físicas e cognitivas comuns da terceira
idade, podem vir em conjunto às perdas sociais e afetivas. A ausência de apoio
emocional devido as condições inerentes do envelhecimento pode ser propícia ao
surgimento ou agravamento da ansiedade, conduzindo a dificuldades nas relações
interpessoais ou ao sofrimento psíquico.

Para os autores, apesar de ser uma
condição natural do ser humano e útil – em certo grau – para a sobrevivência, a
ansiedade pode causar sérios problemas de saúde, caso alcance um nível intenso
e generalizado, concomitante a sintomas de extremos de tensão ou medo.

Quando a ansiedade se torna
patológica, ela interfere negativamente na qualidade de vida dos idosos,
portanto, é de grande relevância compreender o que é a ansiedade, saber que ela
pode estar presente na vida desse idoso, cuja expectativa de vida se amplia e,
que assim como a população de idosos aumenta, a incidência de novos casos
surge. Vale lembrar que a expectativa
de vida do brasileiro passou para 75,8 anos e a título de comparação, a
expectativa de vida do brasileiro passou de 42 em 1940 para 76 anos em

2018. Por isso, a urgência de novos tratamentos e a capacitação de pessoas para
identificar e auxiliar o idoso no enfrentamento dessa condição.

 

Assim, observa-se que o aumento da
expectativa de vida da população permite que patologias como a ansiedade, possam
ser estendidas à população idosa nos dias atuais. A própria “nova” vida em
sociedade que permite ao idoso de 2018 experiências e expectativas diferentes e
intensas, pode ser um elemento relevante na identificação dos perigos, em
superestimarem os riscos das situações em que vivem e, consequentemente, no
surgimento de novos casos de ansiedade na população idosa.

Seria então a ansiedade, nesses
casos, oriunda da qualidade de vida e das expectativas do próprio idoso frente
aos desafios da terceira idade, ou o resultado de uma condição natural do ser?
Olhar com maior cuidado e estudar com mais ênfase essas questões pode ser a
chave para se chegar a uma percepção melhor desse fenômeno.

Referências

American Psychiatric Association.
Manual diagnóstico e estatístico de
transtornos mentais: DSM-5. Tradução: Maria Inês Corrêa Nascimento et
al.; revisão técnica: Aristides Volpato Cordioli. 5. ed. Porto Alegre : Artmed,
2014.

OLIVEIRA, Daniel Vicentini de; ANTUNES, Mateus Dias; OLIVEIRA, Julimar Fernandes de. Ansiedade e sua relação com a qualidade de vida em idosos: revisão narrativa. Cinergis, Santa Cruz do Sul, 18(4):316-322, out./dez. 2017. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/cinergis/article/download/99...>.

 Jorge Vieira de Oliveira

Exibições: 130

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 10 outubro 2019 às 21:09

Obrigada. Não concordo com essa realidade apresentada.

© 2020   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço