GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Posts no blog por Edilza

Origem do Dia da Mentira

1º de abril - Dia da MentiraCelebrado em 1º de abril, o Dia da Mentira é o momento para se contar casos estapafúrdios, mentiras grotescas e outras mais credíveis, além de criar as condições para a pregação de peças em amigos.Origem do Dia da…Ver mais...
12 horas atrás
José Wilson Oliveira de Aragão atualizaram seus perfis
ontem
Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog 7 ARMADILHAS DO EGO EM QUARENTENA de Edilza
ontem
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog 7 ARMADILHAS DO EGO EM QUARENTENA de Edilza
ontem
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog 7 ARMADILHAS DO EGO EM QUARENTENA de Edilza
ontem
Marcela Sales Lima é agora um membro de Ignotus Rede Social
ontem
Posts no blog por Edilza
ontem
Posts no blog por Edilza

O GUIA DA MÃE

O GUIA DA MÃE19-03-2020 16:27mensagem de Mãe Maria canalizada por Pamela KribeQUERIDOS AMIGOS, EU SOU MARIA. TRAGO A VOCÊ UMA ENERGIA DE LEVEZA E CONFIANÇA, UMA ENERGIA LUMINOSA DE DIVERSÃO E VIVACIDADE.PERMITA QUE ELA ESTEJA PRESENTE E BEBA COMO…Ver mais...
domingo
Posts no blog por Edilza

Os tempos que vivemos...

Os tempos que vivemos..."MENSAGEM DE ECKHART TOLLE"Os tempos que vivemos.Você inevitavelmente encontrará adversidades na vida, seja no nível pessoal ou - como…Ver mais...
sábado
sonia hedilamar campos curtiu a postagem no blog NÃO OLHE PARA O APARENTE CAOS de Edilza
sexta-feira
sonia hedilamar campos curtiu a postagem no blog Incerteza. Medo. Caos. Esperança? de Edson Luiz Pocahi
sexta-feira
Posts no blog por Edilza

AS ENERGIAS PARA A GRANDE MUDANÇA EM 2020

AS ENERGIAS PARA A GRANDE MUDANÇA EM 2020AS ENERGIAS PARA A GRANDE MUDANÇA EM 2020Por Alex MylesAs…Ver mais...
26 Mar

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

Carlos foi um menino muito estudioso. Sempre decidido a tirar boas notas e a ser alguém na vida não media esforços para ser um dos melhores alunos de sua escola.

Nunca tinha tempo para nada além de dedicar-se aos estudos profundamente.

Quando tornou-se um rapaz, a vida ainda ficou mais agitada. Além de continuar seus estudos em uma universidade, trabalhada durante o dia inteiro. Nos finais de semana, ou estudava, ou fazia horas extras.

Encontrou-se, certa vez, com outro jovem de aparência tranqüila e descansada. Conversaram um pouco sobre alguns assuntos banais e o rapaz aconselhou-o a prestar mais atenção às verdadeiras prioridades da vida. Carlos o achou inconveniente, cortou a conversa e olhando para seu relógio assustado disse:

- Estou atrasado. Preciso ir correndo. Foi um prazer conhecê-lo. Dizendo isso saiu em disparada para seu próximo e inadiável compromisso.

Correndo sempre contra o tempo, Carlos se casou, teve filhos, mas não percebeu que a sua vida estava passando. Rapidamente chegou à velhice.

Um dia, cansado e estressado, teve um ataque cardíaco que o forçou a parar tudo o que estava fazendo. O médico aconselhou-o a descansar em algum local isolado da vida agitada que vinha levando.

Foi para o interior.

Encontrou nesse local um rapaz com aparência tranqüila e descansada. O jovem perguntou-lhe o que estava fazendo. Carlos irritado respondeu:

- Aqui olho para o nada, jogo conversa fora e caminho para lugar nenhum. Estou perdendo meu tempo.

- Onde estão seus familiares? perguntou o jovem

- Minha mulher e meus filhos me abandonaram, porque disseram que nunca tive

tempo para eles. Mas espere, já não nos conhecemos?

- Sim, quando você era jovem nós nos encontramos uma vez - respondeu o rapaz.

- Mas como se explica isso. Olhe para mim, sou um velho e você continua jovem como antes. Posso saber como isso aconteceu e quem é você?

- Sou o Tempo.

- Não pode ser o Tempo. O Tempo deve ser um homem velho encurvado, com cabelos branquinhos, assim como eu sou agora, e vem você me dizer que é o Tempo, jovem e viçoso como é! Como você me explica isso?

- Na verdade o Tempo não passa, nem voa. Quem passou pela vida e nem percebeu foi você. Você não perdeu apenas Tempo, perdeu quase toda a sua vida com banalidades.

TEXTO: Renata G. Holzer

Exibições: 56

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

© 2020   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço