Ignotus Rede Social

    

GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

LANÇAMENTO: Tenha Autoconhecimento e Dinheiro no Bolso!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Lucia Schiavon curtiu a postagem no blog 11 sinais de que você está vivenciando um despertar espiritual de Edilza
10 horas atrás
Dina Jose de Sousa Quintal curtiu a postagem no blog QUAL O VERDADEIRO SENTIDO DA VIDA? de Elieth Tavares Castro
13 horas atrás
Dina Jose de Sousa Quintal curtiu a postagem no blog QUAL O VERDADEIRO SENTIDO DA VIDA? de Elieth Tavares Castro
13 horas atrás
Posts no blog por Edilza
17 horas atrás
Felicidade Cunha curtiu a postagem no blog 11 sinais de que você está vivenciando um despertar espiritual de Edilza
domingo
Felicidade Cunha curtiu a postagem no blog QUAL O VERDADEIRO SENTIDO DA VIDA? de Elieth Tavares Castro
domingo
MARGARIDA MARIA MADRUGA deixou um comentário para alan alves costa de souza
"BEM VINDO ALAN! A amizade e a lealdade residem numa identidade de almas raramente encontradas. - Epicuro"
sábado
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog 11 sinais de que você está vivenciando um despertar espiritual de Edilza
sábado
dilma teresinha lopes curtiu a postagem no blog 11 sinais de que você está vivenciando um despertar espiritual de Edilza
sábado
MARGARIDA MARIA MADRUGA comentou a postagem no blog QUAL O VERDADEIRO SENTIDO DA VIDA? de Elieth Tavares Castro
"Muito bom. Eu assisti uma palestra em um Centro Espírita que o autor do texto trabalhou o tema "RESGATE". Nossa vida depende do nosso resgate."
sábado
MARGARIDA MARIA MADRUGA curtiu a postagem no blog QUAL O VERDADEIRO SENTIDO DA VIDA? de Elieth Tavares Castro
sábado
MARGARIDA MARIA MADRUGA comentou a postagem no blog 11 sinais de que você está vivenciando um despertar espiritual de Edilza
"Interessante artigo. Ser diferente causa muita inveja. É muito difícil."
sábado

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

Os encontros mais importantes, já foram combinados pelas almas antes mesmo que os corpos se vejam… (

Os encontros mais importantes, já foram combinados pelas almas antes mesmo que os corpos se vejam… (Paulo Coelho) 

Dizem que vivemos várias vidas… Se formos analisar a vida do espírito, podemos dizer que vivemos uma só, ora em um corpo físico e ora fora dele, na construção do Eu que se modifica e engrandece nas várias existências, em diversos corpos e diversas “personalidades”, embora essas nunca percam sua essência.


Uma vez conquistado ou aprendido um atributo do espírito, como a paciência, resiliência, capacidade de perdoar, etc., esses não se perdem. Carregamos sempre conosco esses bens espirituais, nossos verdadeiros tesouros.

Não somos os mesmos de outras existências físicas, assim como não somos os mesmos de 10 anos, 5 anos, 1 ano, 1 mês atrás. Pois estamos em constante mudança, crescimento e renovação íntima. Mas os laços que criamos com aqueles que nos relacionamos não desatam, apenas se esticam ou se afrouxam. E sendo a vida contínua, as histórias provavelmente não terminam com a morte do corpo físico, e sim quando atingido seu objetivo.

E se formos considerar uma vida sendo uma história construída com pessoas específicas, podemos considerar que em uma existência física vivemos várias vidas, pois vivemos várias histórias com pessoas distintas.

Hoje em dia tudo virou “carma”, seja bom ou ruim. No caso do ruim sentimos, por exemplo, aquela impressão do “meu santo não bate com o dele”, e enquanto não nos acertarmos com o outro podemos sim viver a mesma história com a mesma pessoa por várias existências físicas. (Pode ser então que eu tenha que suportar o mesmo marido ou mulher por várias outras vidas além dessa?)

Temos que ter em mente que não estamos aqui para suportarmos uns aos outros, e sim para aprendermos a amar. Enquanto estivermos suportando ficamos presos, quando aprendemos a amar, nos libertamos.Com relação ao carma bom, é aquela sensação boa de reencontro, simpatia, alegria. O que faz com que queiramos nos relacionar com uns ao invés de outros. Sendo a história do espírito uma escrita constante, ela não cessa com as mudanças físicas, e sim retoma do ponto anterior, após uma pequena ou longa pausa.Daí vem o especial, a saudade sem razão, as fortes emoções, etc. Pois quando as almas vibram na mesma sintonia elas se atraem e se reconhecem, independente dos corpos que habitam.

Exibições: 7

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

© 2017   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço