GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Edite Spiess Stauffer deixou um comentário para Maria do Socorro Rocha
"Boa Tarde amiga, Sei muito bem o quanto esta síndrome deixa a pessoa apavorada,principalmente se estiver sozinha.Como sou psicoterapeuta holística (alternativa), sou contra as medicações psiquiátricas, que…"
4 horas atrás
Edite Spiess Stauffer comentou a postagem no blog Síndrome do Pânico de Edite Spiess Stauffer
"Boa Tarde amiga, Sei muito bem o quanto esta síndrome deixa a pessoa apavorada,principalmente se estiver sozinha.Como sou psicoterapeuta holística (alternativa), sou contra as medicações psiquiátricas, que…"
4 horas atrás
Maria do Socorro Rocha comentou a postagem no blog Síndrome do Pânico de Edite Spiess Stauffer
"Sofro com estes "panicos" há anos. Ocasiões em que acontecem do nada, e durante a noite que me deixam em terror. É um mal súbito! Estou sempre  buscando  um psiquiatra, mas tento controlar-me ao…"
6 horas atrás
Maria do Socorro Rocha curtiu a postagem no blog Síndrome do Pânico de Edite Spiess Stauffer
6 horas atrás
Maria do Socorro Rocha curtiu a postagem no blog QUEM SÃO OS 144 MIL MESTRES ASCENSIONADOS ENCARNADOS ? de Edson Luiz Pocahi
6 horas atrás
Maria do Socorro Rocha curtiu a postagem no blog A QUEDA DAS ILUSÕES de Edilza
6 horas atrás
Posts no blog por Edilza

O BLOQUEIO DA ESTRADA NÃO É O FIM, É UM DESVIO PARA UMA ROTA MELHOR

O BLOQUEIO DA ESTRADA NÃO É O FIM, É UM DESVIO PARA UMA ROTA MELHORO BLOQUEIO DA ESTRADA NÃO É O FIM, É UM…Ver mais...
9 horas atrás
Roberta Miranda Moreira curtiu a postagem no blog Síndrome do Pânico de Edite Spiess Stauffer
12 horas atrás
Roberta Miranda Moreira curtiu a postagem no blog Síndrome do Pânico de Edite Spiess Stauffer
12 horas atrás
Roberta Miranda Moreira curtiu a postagem no blog A QUEDA DAS ILUSÕES de Edilza
12 horas atrás
SERGIO GRUSCA curtiu a postagem no blog Síndrome do Pânico de Edite Spiess Stauffer
13 horas atrás
Edite Spiess Stauffer comentou a postagem no blog Síndrome do Pânico de Edite Spiess Stauffer
"Obrigada amigos(as) pela participação"
ontem

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

“Não sabemos brincar na vida; não fomos autorizados a isso. Tudo tem de ser sério e difícil, tratado como desafio, disputa, competição, sendo que para os derrotados sobrará a dramática humilhação, além da rejeição social e afetiva”, explica Gikovate. “Esse é um dos efeitos da vaidade que toma conta de nós ao longo dos anos da puberdade. Se não tomarmos cuidado, esse sentimento só nos abandonará no leito de morte”, conclui o autor.

Gikovate lembra que a felicidade pode ser perigosa quando implica utopias e expectativas inalcançáveis. Por isso, não se deve deixar de considerar os possíveis momentos de infelicidade, que são compulsórios e fazem parte da condição humana.

Enfrentar o medo da felicidade é um passo fundamental para viver em paz, afirma o psicoterapeuta. Ele cita quatro requisitos básicos para vencer o medo: maturidade emocional, definida como boa tolerância a frustrações e sofrimentos de todo tipo; maturidade moral, ou seja, a superação do egoísmo original sem se deixar levar depois pela trama dos sentimentos de culpa; uma razoável saúde física; uma atividade profissional capaz de nos entreter e de nos prover das condições materiais necessárias para uma vida digna e confortável.

A maturidade emocional é que garantirá a capacidade de lidar com a aceitação, evitando o sofrimento extra com o rancor e a mágoa. Assumir uma postura construtiva e útil diante da vida também é muito mais compensador. Isso significa evitar o desgaste com situações hipotéticas, minimizando a chance de sofrer.

Exibições: 332

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

Comentário de Angelina G.R. Pasqueta em 24 julho 2014 às 20:31

Exatamente fomos criados com medo da coisas ,não sabemos lidar com o medo ...

Comentário de Roseane Valle em 31 março 2014 às 12:47

Gostei muito, chegou na hora certa!

Grata!

Comentário de Carlos Eduardo Pellegrini Vieira em 28 março 2014 às 10:27
São esses equilíbrios que faz a diferença para ter uma vida com "momentos" de felicidade. Muito legal Post....
Comentário de Maria Aparecida Silva em 28 março 2014 às 10:16

Gratidão, _/\_

© 2020   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço