GOOGLE SITE TRANSLATOR

Registre-se em 1 minuto!

PUBLICIDADE

Últimas atividades

Valdemar Frederico Schroer curtiu a postagem no blog 7 ARMADILHAS DO EGO EM QUARENTENA de Edilza
2 horas atrás
tinajair etinajair curtiu a postagem no blog 7 ARMADILHAS DO EGO EM QUARENTENA de Edilza
2 horas atrás
Edson Luiz Pocahi curtiu a postagem no blog 7 ARMADILHAS DO EGO EM QUARENTENA de Edilza
4 horas atrás
Marcela Sales Lima é agora um membro de Ignotus Rede Social
4 horas atrás
Posts no blog por Edilza
6 horas atrás
Posts no blog por Edilza

O GUIA DA MÃE

O GUIA DA MÃE19-03-2020 16:27mensagem de Mãe Maria canalizada por Pamela KribeQUERIDOS AMIGOS, EU SOU MARIA. TRAGO A VOCÊ UMA ENERGIA DE LEVEZA E CONFIANÇA, UMA ENERGIA LUMINOSA DE DIVERSÃO E VIVACIDADE.PERMITA QUE ELA ESTEJA PRESENTE E BEBA COMO…Ver mais...
domingo
Posts no blog por Edilza

Os tempos que vivemos...

Os tempos que vivemos..."MENSAGEM DE ECKHART TOLLE"Os tempos que vivemos.Você inevitavelmente encontrará adversidades na vida, seja no nível pessoal ou - como…Ver mais...
sábado
sonia hedilamar campos curtiu a postagem no blog NÃO OLHE PARA O APARENTE CAOS de Edilza
sexta-feira
sonia hedilamar campos curtiu a postagem no blog Incerteza. Medo. Caos. Esperança? de Edson Luiz Pocahi
sexta-feira
Posts no blog por Edilza

AS ENERGIAS PARA A GRANDE MUDANÇA EM 2020

AS ENERGIAS PARA A GRANDE MUDANÇA EM 2020AS ENERGIAS PARA A GRANDE MUDANÇA EM 2020Por Alex MylesAs…Ver mais...
quinta-feira
MARGARIDA MARIA MADRUGA deixou um comentário para Monica Pereira
"SEJA BEM VINDA MONICA!"
24 Mar
MARGARIDA MARIA MADRUGA deixou um comentário para José Libério de Araújo
"SEJA BEM VINDO JOSÉ LIBÉRIO!"
24 Mar

Mensagens de blog

Curta Nossa Página no Facebook

Quando Claudio Vieira de Oliveira nasceu, os médicos indicaram para sua mãe que era melhor deixar o bebê morrer. Ele havia nascido com o pescoço dobrado para si mesmo, cabeça virada para baixo, pernas atrofiadas e sem movimento nos braços. Maria José, a mãe, não seguiu as indicações médicas e 37 anos depois seu filho virou exemplo mundial.

Superando todas as graves deficiências com as quais nasceu, Claudio tem mais de 1,4 mil seguidores no Facebook, todos interessados em sua história de vida. Histórias essas que foram reproduzidas internacionalmente através de matéria no diário britânico Mirror.

"Aprendi a ligar a televisão, pegar meu celular, ligar o rádio, usar a internet no meu computador... Não gosto de depender totalmente dos outros. E eu não vejo as coisas de cabeça para baixo. Cada vez mais está mais fácil de lidar com o público", contou o brasileiro ao diário.

A doença de Claudio é conhecida como artrogripose múltipla congênita (AMC) e requer todos os cuidados e adaptações possíveis. Por conta de sua história de superação, ele dá palestras pelo país e, hoje, se considera "uma pessoa normal".

Fonte: Yahoo Brasil

Exibições: 408

Comentar

Você precisa ser um membro de Ignotus Rede Social para adicionar comentários!

Entrar em Ignotus Rede Social

Comentário de Joselita Maria Gonzaga Monteiro em 7 setembro 2014 às 14:40

Querida amiga, cada um dá o que tem. Todos temos responsabilidades que cabe a cada um cumprir, ou  não, cumprindo-as recebemos ajuda divina por não estarmos sos em nossa missão, (mas temos o livre arbítrio dados pelo Criador) nesse caso (a omissão) sempre impede nossa evolução e fortalecimento espiritual. Não podemos fugir da lei do retorno, (ação e reação).  Por outro lado, na omissão perdemos lições preciosas em nossa caminhada. É a lei de São Francisco de Assis, é dando que se recebe.  Não sei se você entende o que quero dizer, em todo caso deixo aqui o meu profundo respeito por sua opinião e um grande abraço.

Comentário de MARILENA ROQUE em 7 setembro 2014 às 14:12

Você tem razão Joselita! A mãe tem que ser muito especial mesmo e Deus sabe quem escolhe. Mas mesmo assim, vejo muitos deficientes serem abandonados pelos familiares em instituições onde ninguém vai visitá-los. E quanto a sua pergunta de como me sentiria no lugar deles, eu acho que nunca conseguirei responder, embora também não saiba se eles próprios exteriorizam seus sentimentos. Quem sabe o que eles pensam né! Obrigada pela sua colocação. Gratidão!

Comentário de Joselita Maria Gonzaga Monteiro em 7 setembro 2014 às 1:30

Cara Marilena Roque, Missões especiais são confiadas as pessoas especiais. O amor materno, o amor em si, supera todas as dificuldades enfrentadas nessa missão divina. A fé e confiança em Deus e em suas determinações, são forças adicionais que superam quaisquer dificuldades que tenhamos que enfrentar em nosso cotidiano. A superação não é só do deficiente e sim dos que convivem com ele. É a superação de si mesmo com uma experiência ímpar. A vida é uma escola e cabe a cada um enriquecer seus conhecimentos no fortalecimento interior, nas provas que nos são dadas pelo Criador se não consideramos isso como uma punição ou castigo. Você está certa, eu estou certa, cada um faz o que a si cabe fazer.

O sofrimento maior é do próprio deficiente e não do familiar, e se você estivesse no lugar dele, como se sentiria?

Comentário de MIDELI GRACIA em 7 setembro 2014 às 0:18

Os dois na minha opinião: a) A MÃE, pela FÈ;

b) O FILHO, pela PERSEVERANÇA.

Bem haja!

Comentário de MARILENA ROQUE em 6 setembro 2014 às 22:54

Hoje eu li um post sobre as mentiras que o ser humano conta durante o dia. Aqui neste espaço, ninguém se pôs no lugar do outro. Ou seja: E se você soubesse  ainda dentro do seu ventre, que o seu filho seria igual a esse menino; o que você faria? Pense bem antes de responder, porque responder que o deixaria vir à vida é bem fácil, cuidar dele e renegar a sua própria vida é outra coisa. Deus sabe exatamente o que faz e com quem! Eu não seria tão altruísta a ponto de cuidar de um filho assim. Cuidaria por pura obrigação e não me sentiria grata em nada. Talvez você pense que sou puro egoismo, mas já te disse: Pense bem antes de falar. Não sejam como os fariseus!

Comentário de MARILENA ROQUE em 6 setembro 2014 às 22:45

É Mideli Gracia.: Da vida dele ou da mãe dele?

Comentário de MARILENA ROQUE em 6 setembro 2014 às 22:43

Belas palavras Joselita Maria, o difícil é viver esse "inferno".

Comentário de MARILENA ROQUE em 6 setembro 2014 às 22:40

Eu acho que a "mãe" é quem tem toda a provação e não o ser em si. Viver e dedicar sua vida a pessoas com esses problemas só cabe mesmo à mãe com muito espírito e vontade. Não sei se o problema vem com a pessoa deficiente ou com a mãe que tem que resgatar dívidas de seu passado. Tem que se ter muita paciência e amor para viver essa vida. E são poucas as pessoas que conseguem. 

Comentário de Joselita Maria Gonzaga Monteiro em 6 setembro 2014 às 20:09

O espírito é perfeito e manifesta esta perfeição no corpo deficiente em sua evolução e quem impede a sua caminhada evolutiva sofre as consequências nefastas de seu ato egoístico e mesquinho. Uma vida, seja ela como for tem que seguir o seu caminho evolutivo neste planeta. Para que aqueles ligados a eles possam evoluir também, lidando, cuidando, aprendendo e  amando.

Comentário de MIDELI GRACIA em 5 setembro 2014 às 1:14

É pessoal, tai o exemplo de FÉ e PERSEVERANÇA. "A FÉ é a força MOTRIZ da vida".

© 2020   Criado por Edson Luiz Pocahi.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço